"Amorteamo" leva realismo fantástico e triângulos amorosos à Recife de 1900 - Entretenimento

Vers?o mobile

 

Noiva cadáver08/05/2015 | 16h18

"Amorteamo" leva realismo fantástico e triângulos amorosos à Recife de 1900

Série de cinco capítulos que estreia nesta sexta-feira, na RBS TV, traz Marina Ruy Barbosa como antagonista

"Amorteamo" leva realismo fantástico e triângulos amorosos à Recife de 1900 TV Globo/Divulgação
Foto: TV Globo / Divulgação

Com os ares fantásticos de um filme do diretor Tim Burton, a minissérie Amorteamo estreia nesta sexta-feira (RBS TV, 23h20min). Repartida em cinco capítulos que irão ao ar semanalmente, a obra ambiciona narrar uma história de amor "tão forte quanto a morte", tendo como mote o desenrolar de dois triângulos amorosos.

Ambientada no Recife do início do século 20, a série segue Aragão (Jackson Antunes), que mata Chico (Daniel de Oliveira), amante de Arlinda (Letícia Sabatella), sua mulher, ao flagrá-la com ele na cama. Aragão então assume o fruto da gravidez da esposa, cuja paternidade se mantém secreta... até que o amante morto volte para assombrá-lo. Os anos se passam e o pequeno Gabriel (Johnny Massaro) cresce e vira pivô de um segundo triângulo amoroso, formado por Malvina (Marina Ruy Barbosa) e Lena (Arianne Botelho). Gabriel abandona Malvina no altar para ficar com Lena, seu grande amor. A jovem se mata de desgosto, mas acaba voltando da morte depois de ser desenterrada por um culpado Gabriel, pesaroso pela tragédia.

— Ela retorna querendo estar perto de Gabriel e fará de tudo para ficar com ele eternamente. Ao mesmo tempo, quer se vingar de todos — diz a atriz.

Marina surpreenderá o público com uma peruca preta — o processo de maquiagem da intérprete dura cerca de duas horas – e emoções à flor da pele.

Amorteamo tem criação de Cláudio Paiva, Guel Arraes e Newton Moreno, com direção-geral de Flavia Lacerda.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros