Após entrevista com Dilma, Jô Soares é ameaçado: "Morra" - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Polêmica19/06/2015 | 18h37

Após entrevista com Dilma, Jô Soares é ameaçado: "Morra"

Calçada em frente à casa do apresentador foi pichada, uma semana após ter ido ao ar um papo do apresentador com a presidente do país

Após entrevista com Dilma, Jô Soares é ameaçado: "Morra" Zé Paulo Cardeal/TV Globo/Divulgação
Foto: Zé Paulo Cardeal / TV Globo/Divulgação

Uma semana depois da polêmica entrevista de Jô Soares com a presidente Dilma Rousseff, o apresentador foi ameaçado de morte em uma pichação feita na porta de sua casa, no bairro de Higienópolis, região Central de São Paulo, nesta sexta-feira.

O apresentador reagiu à hostilidade com bom humor. 

— Ainda bem que não marcaram a data — disse Jô, em entrevista à Folha de São Paulo.

Leia outras notícias sobre famosos e entretenimento

Jô Soares entrevistou a presidente por 69 minutos no Palácio da Alvorada, em Brasília, e virou alvo de críticas pela escolha da entrevistada e pelo tom da conversa, julgado como ameno por aqueles que são contrários ao governo de Dilma Rousseff. O apresentador passou a ser chamado de “comunista” e “pago pelo PT”, após defender a presidente algumas vezes em seu programa, e principalmente após a entrevista, exibida no dia 12 de junho.

Amigo de Jô Soares, o escritor Fernando Morais postou em sua página no Facebook fotos da calçada em frente á casa do apresentador pichada com os dizeres: "Morra Jô Soares", e fez um desabafo: "Essa barbaridade só me faz ser mais fã, amigo, leitor e espectador do Jô. Viva o Gordo!", escreveu.

Curta nossa página no Facebook 

DIÁRIO GAÚCHO

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros