Como ter certeza de que perdeu a virgindade? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo05/08/2015 | 20h01

Como ter certeza de que perdeu a virgindade?

Muitas dúvidas surgem entre as meninas, principalmente, quando a primeira experiência acaba sendo o sexo anal

Como ter certeza de que perdeu a virgindade? Reprodução/Divulgação
Foto: Reprodução / Divulgação
Andréa Alves e Lúcia Pesca

falandodesexo@diariogaucho.com.br

Oi, meninas! Aqui, na minha casa, eu leio quase todos os dias o que vocês escrevem na coluna.

Eu gostaria que  esclarecessem uma dúvida minha. Tenho 16 anos de idade, transei somente uma vez, e foi sexo anal, não na vagina.

Além disso, de vez em quando, eu me masturbo. A dúvida é que eu não sei se ainda sou virgem ou não.

Tenho um pouco de medo de ir a um ginecologista. Muito obrigada, adoro a coluna!

Querida leitora, saiba que, para você perder a virgindade, é preciso que haja penetração do pênis na vagina, para que aconteça o rompimento total ou parcial do hímen. Trata-se de uma película fina, uma membrana que fica na vagina.

Normalmente, é rompida na primeira relação sexual. Algumas mulheres podem ter o hímen mais elástico, que não se rompe tão facilmente, e podem apresentar alguma resistência que gera certos tipos de desconforto pessoal.

Não é obrigatório haver sangramento na primeira relação. Esse tipo de hímen é o que facilita a penetração do pênis sem traumatismo.

No entanto, a ausência de sangue na primeira relação já foi motivo de problemas sérios. Em um passado ainda próximo, muitos casamentos chegaram a ser desfeitos por falta justamente desse sangramento.

Saúde sexual

Felizmente, essa mentalidade mudou, e, atualmente, a atividade sexual é encarada de outra forma. Além disso, existem algumas mulheres que nascem sem hímen.

Se você fez somente sexo anal, o seu hímen não foi rompido. Com relação à masturbação, se coloca o dedo na sua vagina, é pouco provável que vá romper o hímen, a não ser que faça muita pressão e coloque mais do que um dedo.

Agora, querida leitora, ir ao ginecologista é muito importante para uma boa e segura vida sexual ativa. Ele vai poder indicar o método de anticoncepção mais adequado, além de orientar quanto ao uso do preservativo durante a transa.

Portanto, procure o seu médico o quanto antes. Afinal, vai ter medo de quê?

Leia mais colunas de Falando de Sexo

Se você tiver dúvidas ou sugestões de assunto, escreva um e-mail para falandodesexo@diariogaucho.com.br

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros