Delly Rysdyk, a multitalento de Viamão - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Estrelas da Periferia20/10/2015 | 07h06

Delly Rysdyk, a multitalento de Viamão

A jovem cantora pop, 24 anos, fez aula de violão, compõe em português e em inglês e chegou a ser selecionada para o The Voice Brasil.

Delly Rysdyk, a multitalento de Viamão Tadeu Vilani/Agencia RBS
Foto: Tadeu Vilani / Agencia RBS

De origem polonesa, a jovem Andreli Rysdyk, 24 anos, moradora da Vila Santa Cecília, em Viamão, é a excelente definição de um talento prodígio_ e que sabe usar a internet ao seu favor. A guria, simpática e falante, compõe desde pequena. 

— Com 10, 11 anos, já fazia música, uns sambas. Ali pelos 14, vi um clipe do Green Day, da música Jesus Of Suburbia, que me chamou muito a atenção. Pensei: "gente, é isso que quero da vida, fazer e viver de música" — relembra a guria, hoje batizada Delly Rysdyk.



Perto de completar 16 anos, começou a fazer aula de violão, no município. Impressionado com o talento da menina, o professor passava do horário de aula com a jovem, tocando, gravando e cantando com Delly.

— Nesta época, acabei aprendendo o básico e segui tentando. Mas ainda não entendi de internet nem de youtube. Então, uns colegas me explicaram que era possível fazer vídeos e gravar. Fiquei encantada, comecei a fazer, com uma câmera que tinha, bem caseira e ruim mesmo (risos) — relembra a guria.

Aos 18, paixão definitiva

Nessa época, o pai da jovem começou a observar que Delly tinha jeito. Mas achava que podia ser coisa de adolescente:

— Eu disse a ele: "Se, quando eu fizer 18 anos, ainda quiser fazer música, é o que farei, é meu maior sonho. 

Leia outras histórias de Estrelas da Periferia


Dito e feito. Ao conseguir um emprego, há cerca de três anos, investiu tudo o que ganhou em equipamentos. A talentosa cantora pop, de lambuja, aprendeu a falar inglês, só vendo seriados e ouvindo música. Além de compor em português, passou a escrever letras em inglês, como Daylight

— As em inglês são coisas que penso, vivo, mais um pop romântico. Uma das que mais gosto é Daylight. Em português, tem uma que curto muito, é mais rock, chama Brado Retumbante, fiz na época dos protestos (em 2014) — comenta.

Leia mais sobre famosos e entretenimento

A guria de Viamão chegou a participar de seletivas do The Voice Brasil, em 2012, ficou entre 110 qualificados entre mais de 11 mil inscritos, cantou para os técnicos, no Rio de Janeiro, mas nenhum deles virou a cadeira para a gaúcha, em uma espécie de seletiva dos classificados, que não é exibida no ar pela TV Globo. 

— Conheci a Cláudia Leitte, foi uma grande experiência_ relembra.

Delly, que recentemente fez show em um evento privado, aguarda convites para mostrar a voz que a levou até o The Voice.

— Estou muito ansiosa para fazer meus shows aqui em Viamão, em Porto Alegre. Vai acontecer em breve, tenho fé_ acredita.

Pitaco de quem entende

Markinhos, vocalista do grupo Vírus do Samba, fala do som de Delly:

— Ela é de um talento incrível, tem um dom natural. É uma voz linda e singular, tem personalidade pura. Faz um pop romântico e conseguiu impor sua característica. Parabéns e sucesso!

Faça como a Delly, apareça aqui!

— Para falar com Delly, ligue para 8545-9307.

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas em MP3 ou clipe e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

DIÁRIO GAÚCHO

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros