Casais sexualmente ativos tendem a ser mais carinhosos - Entretenimento

Versão mobile

 
 

Falando de Sexo22/03/2016 | 20h00Atualizada em 22/03/2016 | 20h00

Casais sexualmente ativos tendem a ser mais carinhosos

A carícia sexual incentiva a produção de substâncias que promovem sentimentos de afeição e estimulam o desejo de proteger a outra pessoa

Casais sexualmente ativos tendem a ser mais carinhosos Arte/DG
Foto: Arte / DG
andrea alves e lucia pesca

Estou casada há dez anos e já passamos por várias fases no nosso relacionamento. Sentimos paixão, vivemos tristezas, problemas e alegrias...

Às vezes, ficamos um tempo sem transar _ um ou dois meses. Mas o que eu vejo é que, quando a gente faz sexo, se torna mais querido um com o outro, mais tolerante e até amigo...

Será que o homem, quando se sente desejado pela esposa, fica mais gentil?


Querida amiga, quem não gosta de se sentir desejado? Faz muito bem tanto para os homens quanto para as mulheres.  

É preciso lembrar que as emoções exercem um forte papel sobre o organismo. A carícia sexual incentiva a produção de substâncias que, entre outros efeitos, promovem sentimentos de afeição e estimulam o desejo de proteger a outra pessoa.

O toque e a carícia fazem um bem tremendo! São muito poderosos.

Bom para todos
Por isso, a pessoa fica mais generosa. Em muitas relações sadias, percebemos que tanto homens quanto mulheres se sentem mais seguros quando fazem sexo com seus parceiros, pois, desta forma, cada um está fazendo seu papel de ter e dar prazer ao seu amor.

Leia outras colunas do Falando de Sexo


É excitante e também tranquilizante para cada um ter a consciência de que sabe como dar prazer ao outro. Além disso, ver a pessoa amada se satisfazendo pode ser mais prazeroso do que o próprio orgasmo, deixando os dois gratificados.

Desta forma, invista em momentos que estimulem sua vida sexual, que coloquem em alta a mesma. Por isso tudo, manter o sexo ativo faz muito bem aos homens, às mulheres e, principalmente, para o relacionamento de vocês.

Se você tiver dúvidas ou sugestões de assunto, envie e-mail para falandodesexo@diariogaucho.com.br.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros