Você sabe quando uma mulher chegou ao clímax?  - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de sexo17/03/2016 | 20h00Atualizada em 17/03/2016 | 20h00

Você sabe quando uma mulher chegou ao clímax? 

Observar sua parceira é a melhor forma de identificar se ela chegou ao orgasmo  

Você sabe quando uma mulher chegou ao clímax?  Arte/DG
Foto: Arte / DG

Continuamos com o tema que preocupa os homens. Ela chegou ao ápice? A mulher, quando goza, costuma perder todas suas energias. Se tiver atingido o clímax, precisará de uns minutos para se recuperar. Se ficar estirada na cama e exausta, você ajudou sua parceira a alcançar o máximo de prazer. Mas, se ela já sair pulando da cama para fazer outras coisas, não. 

Outro indício são os gemidos. Alguns homens identificam se a mulher gozou se estes forem intensos e ofegantes. Ela pode fingir, mas, se o casal tiver mais intimidade, ele saberá se é natural ou forçado. Porém, se os gritos forem demais, pode parecer como se estivesse imitando uma atriz pornô. A mulher goza quando há um meio-termo: menos preocupação com essa aparência e mais com suas sensações. 

Não é regra, mas boa parte das mulheres fica com o corpo vermelho, especialmente as maçãs do rosto e o colo. Além disso, todas costumam ficar mais quentes, como se fossem explodir de tanto tesão. Após o sexo, o corpo ainda demora para esfriar e a coloração da pele voltar ao normal. A voz também pode mudar, ficando mais doce, mole, manhosa ou rouca pelo cansaço. E tem o sorriso. Se, após a transa, a parceira ficar sorrindo à toa, ela gozou. A mulher fica deslumbrada pelas sensações que sentiu, como se tivesse sob os efeitos de alguma droga. Esse é um dos maiores indícios, pois é impossível fingir essa sensação tão natural e plena. 

E, por último, o clímax se revela quando ela relaxou tanto que caiu dura, dormindo: se, depois do sexo, vocês ficam um tempo juntos, e, logo, ela tem sono e capota como um bebê, significa que ou já estava exausta antes da relação ou que gozou. Por isso, quando se fala que sexo faz bem à saúde, melhora o sono e a pele, acredite! Observar sua parceira é a melhor forma de identificar esses benefícios citados acima. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo 

Se você tiver dúvidas ou sugestões de assunto, escreva parafalandodesexo@diariogaucho.com.br    

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros