Como saber se o menino perdeu a virgindade? - Entretenimento

Versão mobile

 

 Falando de Sexo22/06/2016 | 20h00Atualizada em 22/06/2016 | 20h00

Como saber se o menino perdeu a virgindade?

 A primeira vez é sempre motivo de preocupação também para os guris, atormentados pela incerteza do seu desempenho sexual.  

Como saber se o menino perdeu a virgindade? /

Sou mãe de um menino de 15 anos. Claro que, nos tempos de hoje, ninguém mais transa sem camisinha. Eu entendia que a virgindade no menino se perde com o rompimento da pele do pênis durante o ato sexual. Porém, se ele transa de camisinha, ela se rompe? E como vai saber que perdeu a virgindade? Ele pode fazer isso através da masturbação? 

Infelizmente, ainda tem muita gente transando sem camisinha. Mas o uso de preservativo é fundamental para evitar doenças transmissíveis.

A primeira vez é sempre motivo de preocupação também para os guris, atormentados pela incerteza do seu desempenho sexual. Só que vocês estão fazendo uma confusão.

Virgem é quem nunca teve relacionamento sexual com outra pessoa. Por isso, tanto os meninos quanto as meninas deixam de ser virgens somente quando transam pela primeira vez.

Diferenças naturais

No corpo da maioria delas, há o hímen que fica na entrada da vagina e que pode ser de diferentes tipos. Essa é uma pele que se rompe, geralmente, na primeira relação sexual, mas, nos meninos, não existe nada parecido.

Essa película da qual você fala deve ser o prepúcio, que protege a cabeça do pênis quando está repousando, e que escorrega para trás quando fica ereto. Mas não descola na primeira transa.

Frequentemente, se confunde fimose com o excesso de pele ou o encurtamento do freio do pênis, que liga a glande (cabeça) ao prepúcio e tem a função de limitar os movimentos do prepúcio na penetração.

Não é obrigado que o freio se rompa na primeira relação, e o normal é que nunca aconteça. A maioria nasce com o prepúcio colado à glande.

Mas, quando o pênis cresce, ocorre a separação.

 Leia outras colunas do Falando de Sexo

Escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros