Conheça Kelly Costa, a nova musa do esporte da RBS TV - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Aqui Entre Nós 03/09/2016 | 12h00Atualizada em 03/09/2016 | 12h11

Conheça Kelly Costa, a nova musa do esporte da RBS TV

Repórter do Globo Esporte vem despertando a atenção dos telespectadores pela beleza e pelo carisma, já foi jogadora de vôlei e, na infância, brincou de ser modelo.    

Conheça Kelly Costa, a nova musa do esporte da RBS TV Eduardo Deconto/Globoesporte.com
Foto: Eduardo Deconto / Globoesporte.com

Quem é ela, quem é ela? Linda, carismática e com uma presença que marca no vídeo, Kelly Costa, 25 anos, de Porto Alegre, desperta a atenção e a curiosidade dos telespectadores. Na época da Olimpíada, apresentou, pela primeira vez, as notícias esportivas no Jornal do Almoço.

Selfie pra comemorar a sexta-feira! A Cris, a Brunna e a Kelly te esperam no #JornaldoAlmoço!

Uma foto publicada por RBS TV (@rbstv) em


Num papo descontraído, bem como Kelly é quando se conversa com ela, a jornalista fala sobre a sua responsabilidade como a nova repórter do Globo Esporte, programa que faz parte do dia a dia de muitos gaúchos e torcedores da dupla Gre-Nal, revela o seu passado também esportivo e outro mais remoto: como modelo! 


Aqui Entre Nós — Como foi a entrada na RBS TV?
Kelly Costa  — 
Foi em julho de 2015. Era para eu ser a garota da previsão do tempo, fiquei um tempo acompanhando o trabalho nos bastidores. Mas meu sonho, antes, era ser repórter de política, porque me formei em Jornalismo e fiz uma pós-graduação em relações internacionais. Mas, aí, me chamaram para ver se eu tinha interesse numa vaga no esporte, e eu topei. Estreei três meses depois, e os colegas são tão bacanas que estou muito feliz e contente.


Aqui  — Aumentou a repercussão do teu trabalho?
Kelly — 
Sim, isso é muito legal. As pessoas que, de repente, não me conheciam, hoje me mandam e-mail de uma maneira carinhosa, dando sugestão de pauta ou elogiando: "Que matéria bacana!", "A Kelly deu um ar novo ao esporte". Nas ruas, às vezes, estou num lugar, e alguém pede: "Oi, Kelly, posso tirar uma foto contigo?".

Olha aí o Manoel dando um help pra Kelly no camarim!

Uma foto publicada por RBS TV (@rbstv) em


Aqui — Te surpreendeu este retorno?
Kelly — 
Sim, porque foi muito rápido. E sou diferentes dos repórteres cancheiros. Acho que a minha proposta é humanizar o esporte falando numa linguagem para que quem não entende de futebol também possa compreender.

Aqui — A pergunta clássica: tens um time pelo qual torces?
Kelly —
 Sim, mas não influencia em nada o meu trabalho, te garanto! Pra mim, é uma notícia qualquer. Não me abala. Consigo torcer para que os outros times também ganhem. Eu torço pelos gaúchos.

 
Aqui — Bonita assim, nunca tentaste ser modelo ou participaste de concursos?Kelly — Ai (risos)... Sim, mas foi com uns cinco anos de idade. A minha mãe (Rejane) me colocou em um curso de modelo fotográfico e manequim. E, com uns 12, eu venci o Rainha do Sol de Pinhal (risos). Que vergonha!

E olha a Kelly brincando de ser modelo na infância! Fofa, né?

Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal

Aqui  — O esporte fez parte da tua vida antes deste momento profissional?
Kelly —
 Sim, jogue vôlei dos sete aos 17 anos, em escolinha e na seleção infantil do clube Geraldo Santana. Mas nunca profissionalmente. Como não cresci muito (tem 1,65m de altura), virei levantadora. Hoje, jogo de vez em quando, mas faço academia umas três vezes por semana, quando dá.

Da esquerda para a direita, a segunda de pé. Dá-lhe, jogadora!

Foto: arquivo pessoal / arquivo pessoal


Aqui — O namorado fica com ciúme de ti trabalhando em um meio tão masculino?
Kelly —
 Estamos (ela e o publicitário Giba Mendes, 28 anos) há um e meio juntos. Então, ele entende bem. Ah, sempre tem um pouquinho de ciúme, mas ele me apoia muito na escolha que eu fiz. 


Leia mais sobre famosos e entretenimento

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros