Interromper a relação sexual antes da hora H tem, sim, risco de gravidez. Entenda por que - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de sexo20/09/2016 | 12h28Atualizada em 20/09/2016 | 12h28

Interromper a relação sexual antes da hora H tem, sim, risco de gravidez. Entenda por que

Nem sempre os espermatozoides são eliminados somente na ejaculação


Foto: Arte / DG

Tenho um sério problema em usar camisinha. Não me adapto, é estranho. A minha namorada toma pílula, mas, muitas vezes, esquece. Então, para não corrermos o risco de engravidar, toda vez que eu vou ejacular, tiro o pênis da vagina dela e gozo fora. Vocês teriam outra dica para me dar sobre como evitar a gravidez sem ser com camisinha?

Amigo, a dica é não fazer isto que vocês estão fazendo! O chamado coito interrupto é bem falho como método anticoncepcional. Nem sempre os espermatozoides são eliminados somente na ejaculação. Alguns podem sair do pênis junto com o líquido transparente que o homem produz durante a excitação sexual.Além disso, é muito difícil ter esse controle da ejaculação. 

Tirar o pênis da vagina no momento exato, justamente quando a excitação e prazer são maiores, é complicado, e a chance de não dar certo é grande.

Risco de doenças 

Só que a ejaculação não tem volta! Assim, é possível que alguns espermatozoides sejam expelidos segundos antes da retirada completa do pênis, correndo-se o risco de gravidez. O mais saudável é não arriscar. 

Outro problema é que gozar fora não evita o contágio de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs). O contato do pênis com a parede da vagina, mesmo que não haja ejaculação, pode ser o suficiente para contagio, pois, durante a relação sexual, podem ocorrer microlesões, que são possibilidades de contágio, caso um dos parceiros esteja infectado. 

Além disso, todas essas preocupações podem gerar tensão durante a transa, causando uma frustração no casal e podendo gerar futuros problemas de disfunção erétil ou de ejaculação.

Escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

Leia outras colunas aqui

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros