Magali Moraes dá dicas para desestressar adultos e crianças - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga07/10/2016 | 10h00Atualizada em 07/10/2016 | 10h00

Magali Moraes dá dicas para desestressar adultos e crianças

Magali Moraes dá dicas para desestressar adultos e crianças Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Esses dias descobri uma lista bem interessante que uma professora fez para seus alunos de Psicologia, com 101 maneiras de evitar o estresse. A gente aprende tanta coisa no colégio e na faculdade que nunca mais usa. Já lições como essa é a vida que nos ensina na marra. Como lidar com o estresse podia ser parte do currículo no ensino fundamental, assim a criançada aprendia desde cedo a se blindar. Conviver com pais estressados é algo que contagia. Sem falar que até as crianças andam preocupadas com segurança, notas baixas, falta de dinheiro e desemprego.

Quer desaprender o estresse? Escolhi alguns itens da lista pra te ajudar. Acorde 15 minutos mais cedo. Evite pessoas negativas. Diga não com mais frequência. Organize um momento de diversão todos os dias. Peça ajuda para as coisas que você não gosta de fazer. Tenha sempre um plano B. Não saiba todas as respostas. Seja um ouvinte melhor. Desista de tentar mudar os outros. Divida grandes tarefas em objetivos menores. Pare de dizer coisas negativas pra você mesmo. Conheça seus limites e deixe que os outros conheçam também.

Leia outras colunas da Maga

Meditação

Já tem escola aqui ensinando meditação em sala de aula. Além de desestressar, melhora a memória, a concentração e a criatividade. Pense em quantas crianças trazem conflitos de casa e não conseguem focar nos estudos. Meditar é bom até para os professores. Nos Estados Unidos, uma escola trocou as suspensões pela meditação. O resultado? Ao aprenderem técnicas de respiração em momentos difíceis e a refletirem sobre seu comportamento, as crianças mudaram de atitude e ninguém mais foi suspenso.

Nas 101 dicas antiestresse, havia algumas divertidas. Praticar uma careta, dizer bom dia na língua do pê, fazer cópias das chaves, aprender a contar piada, gritar muito em jogo de futebol. A lista terminava com um item bônus: viver um dia de cada vez. Esse clichê nunca foi tão verdadeiro.


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros