Perdi a virgindade ou não? Saiba como ter certeza - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo12/10/2016 | 20h00Atualizada em 12/10/2016 | 20h00

Perdi a virgindade ou não? Saiba como ter certeza

Se perder a virgindade significar apenas o rompimento do hímen, isso pode acontecer de várias maneiras

Perdi a virgindade ou não? Saiba como ter certeza Arte/DG
Foto: Arte / DG
Andrea Alves e Lucia Pesca

Eu e o meu namorado tentamos uma relação sexual, mas não houve total penetração. Ocorreu sangramento. Gostaria de saber sobre a virgindade.

Sou virgem e fiz o exame preventivo. É possível que o hímen tenha se rompido?
Senti muita dor na hora do exame.

Tem como perder a virgindade só com o dedo?  


Esta questão de perder ou não a virgindade ainda incomoda muita gente. Fisicamente falando, um ginecologista pode examinar com cuidado e dizer se o hímen está ali.

Sob este ponto de vista, uma menina pode não ser mais virgem, apesar de nunca ter tido relação sexual – como ao usar um absorvente interno, coisa rara, mas que acontece. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo


Ou pode se considerar virgem, apesar de já ter experimentado de tudo, menos a penetração. 

Variações
Mas uma garota que já tirou a roupa na frente de um parceiro e vivenciou diferentes formas de ter prazer pode não se considerar mais virgem, ainda que a penetração não tenha acontecido. 

Sim, é possível ¿perder a virgindade¿ com o dedo, se isto significar apenas o rompimento do hímen.

Qualquer objeto introduzido na vagina, inclusive os dedos, pode fazer isto. O hímen é uma película localizada na entrada da vagina e que, normalmente, se rompe quando a mulher perde a virgindade de fato, durante a primeira relação sexual.

Porém, nem sempre acontece de se romper na primeira vez, pois há himens mais elásticos. E a ruptura pode ocorrer só depois de várias relações. 

Seu rompimento pode provocar sangramento e dor, ou não, dependendo do tipo. Há mulheres que nunca chegam a sangrar.

Se tiver dúvidas ou sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros