Veja os candidatos famosos que não se elegeram pelo Brasil - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Tentaram ser vereadores03/10/2016 | 15h55Atualizada em 03/10/2016 | 17h27

Veja os candidatos famosos que não se elegeram pelo Brasil

De personalidades da televisão, a músicos e ex-jogadores de futebol, resultado não foi bom para a turma das celebridades

Veja os candidatos famosos que não se elegeram pelo Brasil Montagem sobre fotos / Reprodução/Reprodução
Foto: Montagem sobre fotos / Reprodução / Reprodução
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Como de costume, muitos famosos se candidataram a vagas nas câmaras municipais pelo país. Mas o resultado não foi bom para os ex-jogadores de futebol, jornalistas, músicos, ex-participantes de realities e demais personalidades da televisão. Em Porto Alegre, a única celebridade eleita foi o ex-jogador do Grêmio Tarciso Flecha Negra, que recebeu 7.106 votos e terminou o pleito como o 14º candidato mais votado na capital gaúcha. Veja quem são os candidatos famosos que não se elegeram:

Leia mais
Conheça os 36 vereadores eleitos em Porto Alegre
Candidata faz campanha com número errado e só descobre na hora do voto

PORTO ALEGRE

Bibo Nunes (PMDB)

Foto: TSE / Reprodução

O jornalista Bibo Nunes, que ficou famoso pela atuação em diversos canais de televisão e pelo bordão "Isso é sucesso", não conseguiu se eleger vereador em Porto Alegre. Recebeu 3.489 votos e terminou a disputa como o 46º candidato mais votado.

Kenny Braga (PDT)

Foto: TSE / Reprodução

Mais um jornalista que tentou se eleger vereador em Porto Alegre, Kenny Braga não conseguiu uma vaga na Câmara Municipal. Torcedor do Internacional, ele foi colunista do Diário Gaúcho e participante do Sala de Redação, da Rádio Gaúcha, até 2014. Conseguiu 2.724 e foi o 60º candidato mais votado na capital gaúcha.

Dinho do Grêmio (DEM)

Foto: TSE / Reprodução

Ex-jogador do Grêmio, o volante Dinho tentou se eleger vereador, mas diferente de Tarciso, não teve sucesso. Ele havia sido eleito suplente em 2012 e assumiu o mandato em 2014, após Any Ortiz vencer a disputa para deputada estadual. O "Cangaceiro dos Pampas", como era conhecido pela torcida gremista, teve 2.280 votos e terminou como o 74º mais votado em Porto Alegre.

Farid Germano Filho (DEM)

Foto: TSE / Reprodução

Outro jornalista que disputou uma vaga na Câmara de Vereadores de Porto Alegre foi Farid Germano Filho, que trabalhou por diversas emissores de rádio e tevê no Rio Grande do Sul. Ele não conseguiu se eleger com os 1.687 que recebeu e terminou o pleito como o 95º candidato mais votado.

Alemão da Geral (SD)

Foto: TSE / Reprodução

Líder da torcida Geral do Grêmio, Rodrigo Marques Rysdyk, o "Alemão", não conseguiu se eleger vereador em Porto Alegre. Ele recebeu 966 votos e foi o 144º candidato mais votado na capital gaúcha.

Mc Vesga (PV)

Foto: TSE / Reprodução

Com o slogan "um olho nos problemas e outro nas soluções" a cantora Adriana Biacchi, a "Mc Vesga", não conquistou uma das 36 vagas na Câmara de Vereadores de Porto Alegre. Ela recebeu apenas 118 votos e foi a 514 candidata mais votada.

SÃO PAULO

Netinho de Paula (PDT)

Foto: TSE / Reprodução

O cantor Netinho de Paula foi o famoso que teve o maior número de votos: 20.328, terminando como o 68º candidato mais votado em São Paulo. Ele concorria a uma das 55 vagas à Câmara de Vereadores da capital paulista e, apesar da boa votação, não conseguiu se eleger.

Marcelinho Carioca (PRB)

Foto: TSE / Reprodução

No time dos ex-jogadores, o ídolo corintiano Marcelinho Carioca foi o mais votado. Ainda assim, não conseguiu se eleger vereador em São Paulo. Conquistou 12.602 votos e terminou o pleito como o 84º mais votado.

Thammy Miranda (PP)

Foto: TSE / Reprodução

O ator e modelo transgênero Thammy Miranda, filho de Gretchen, teve um resultado parecido com o de Marcelinho. Com 12.408 votos, foi o 86º candidato a vereador mais votado na capital paulista e, mesmo assim, não se elegeu.

Leo Aquilla (PTN)

Foto: TSE / Reprodução

A apresentadora de tevê transexual Leo Aquilla, famosa pelos trabalhos na Rede TV! e na Record, também não conseguiu a vaga na câmara paulistana. Recebeu 5.146 votos e foi o 144º candidatos mais votado.

Chiquinho Scarpa (PRB)

Foto: TSE / Reprodução

O famoso socialite paulistano Conde Chiquinho Scarpa também tentou uma vaguinha na câmara de vereadores e não se deu bem. Conhecido por participações em programas de tevê e por diversas polêmicas, ele teve 5.140 votos e terminou o pleito como o 145º candidato mais votado.

Dicesar (PMDB)

Foto: TSE / Reprodução

Ex-participante da 10ª edição do Big Brother Brasil, Dicesar foi mais um candidato a vereador em São Paulo que não conseguiu se eleger. Com 2.932 votos, o maquiador foi o 195º mais votado.

RIO DE JANEIRO

Agnaldo Timoteo (PMDB)

Foto: TSE / Reprodução

O cantor Agnaldo Timoteo, que também já foi deputado federal, não conseguiu se eleger vereador no Rio de Janeiro. Ele recebeu 4.821 votos e ficou como 111º candidato mais votado na capital carioca.

Sandra de Sá (SD)

Foto: TSE / Reprodução

A cantora e compositora Sandra de Sá também não conseguiu uma vaga na câmara municipal do Rio de Janeiro. Ela recebeu 1.993 votos, mas terminou o pleito como a 222ª candidata mais votada.

Dudu Nobre (PT do B)

Foto: TSE / Reprodução

O sambista carioca Dudu Nobre tentou uma vaguinha na Câmara de Vereadores do Rio, mas não foi eleito. Ele conquistou 1.625 votos, mas acabou apenas como o 260º candidato mais votado.

Theo Becker (PRB)

Foto: TSE / Reprodução

Não foi dessa vez que o ator e modelo gaúcho Theo Becker conseguiu se eleger vereador, no Rio de Janeiro. O ex-participante do reality A Fazenda recebeu 421 votos e foi o 612º candidato mais votado na capital carioca.

CURITIBA

Cezar Lima (PV)

Foto: TSE / Reprodução

Vencedor da 15ª edição do Big Brother Brasil, Cezar Lima não conseguiu se eleger vereador de Curitiba. Ele recebeu 3.165 votos e terminou o pleito como o 65º candidato mais votado na capital paranaense.

CAMPO GRANDE

Priscila Pires (PMDB)

Foto: TSE / Reprodução

Mais uma ex-BBB que não teve sucesso nas eleições desse ano foi a modelo Priscila Pires. Ela concorreu a uma vaga na Câmara de Vereadores de Campo Grande, mas não foi eleita. Ela recebeu 691 votos e terminou como a 135ª candidata mais votada na capital sul-mato-grossense.


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros