Conheça o rapper gaúcho que lançará disco inspirado em obra de Dante Alighieri - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Estrelas da Periferia15/11/2016 | 07h01Atualizada em 15/11/2016 | 07h01

Conheça o rapper gaúcho que lançará disco inspirado em obra de Dante Alighieri

Naski, do Partenon, começou a escrever por influência do pai, o poeta Roberto Fim.  Agora, planeja CD inspirado em clássico da literatura, Divina Comédia.

Conheça o rapper gaúcho que lançará disco inspirado em obra de Dante Alighieri Carlos Macedo/Agencia RBS
Foto: Carlos Macedo / Agencia RBS

Influenciado pelo pai, Roberto Fim, que é poeta, Lucas Fim, 27 anos, decidiu entrar no mundo da música. Mas não foi assim, sem mais nem menos, sem saber o que queria ou o que escreveria. Ele tinha como objetivo traçado passar mensagens e provocar a reflexão em quem fosse ouvir seu som.

— Desde pequeno, leio os poemas do meu pai, que versam, basicamente, sobre a vida, pois ele é teólogo. Quando eu comecei a escrever rimas e poemas, foi no improviso, no "freestyle", como é conhecido no meio do rap — explica o rapper Lucas, hoje batizado de Naski, morador do Bairro Partenon, na Zona Leste da Capital.

Sete pecados

Com esta influência tão forte dentro de casa, não demorou para que desse início a uma carreira na música, mas sempre passando uma mensagem diferente, mais profunda.

— O rap que era veiculado na mídia era diferente do que o que eu queria fazer. Passei a escrever sobre conflitos internos do ser humano, que me interessam muito — explica o músico, cheio de inspiração.

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Em 2011, ele lançou o seu primeiro disco, mas acabou dando uma parada na carreira. Naski voltou com força total neste ano. Além da carreira solo, ele integra o grupo Paralelo 30. Para marcar o retorno, lançará, até o fim deste ano, uma faixa especial que será produzida pelo DJ Caíque, que trabalha com nomes com MV Bill e Projota.

 Já para 2017, prepara um disco com um tema pra lá de diferente. Naski quer falar sobre os sete pecados capitais, inspirado no clássico Divina Comédia, de Dante Alighieri.

— Cada faixa será um dos pecados e terá diversos personagens — adianta o rapper, focado no projeto.

Leia mais sobre famosos e entretenimento

Pitaco de Quem Entende

 Adriano Brasil curtiu o som de Naski:

– Faz um rap diferente, consistente, com letras que não são comuns de se ouvir no dia a dia. É uma abordagem interessante, fora do que se costuma denominar um rap mais comercial.

Aqui, o espaço é todo seu

 Para participar da seção, mande um histórico da banda, dupla ou do trabalho solo, músicas em MP3 ou clipe e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

— Para falar com Naski, ligue para 99900-3908.


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros