Magali Moraes escreve sobre casais que dividem a cama e a lista do supermercado - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga09/11/2016 | 10h41Atualizada em 09/11/2016 | 10h41

Magali Moraes escreve sobre casais que dividem a cama e a lista do supermercado

Magali Moraes escreve sobre casais que dividem a cama e a lista do supermercado Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Não pude deixar de olhar. O casal que estava comigo no elevador fez algo que me encantou. Parecia um ato solene entre eles. Pegaram a lista de compras, rasgaram ao meio e cada um pegou seu pedaço de papel. Ele ainda fez uma brincadeira. Rasgou um pedacinho a mais da sua parte e entregou pra ela (mas não colou). Sem saber seus nomes, onde vivem, do que se alimentam, eu testemunhei um momento de intimidade desse casal: parceria até na chatice do súper.

Você acha que fiquei só observando? Capaz! Já puxei conversa! Eles me contaram que fazem sempre assim. A lista é escrita em duas colunas. Tudo que é pesado vai pro lado dele. As "coisas boas" ficam no lado dela. Depois se separam e se encontram no caixa. Não sei explicar porque me encantei com algo tão banal. A cumplicidade entre os dois era tanta que dava pra tocar com as mãos.

Leia outras colunas da Maga

Dividir pra somar

Mais tarde achei meu novo amigo lá nos queijos e perguntei se estava tudo bem. Ele sorriu confiante e me disse que nunca pega nada errado. Por onde andaria sua mulher? Escolhendo sorvete? Segui minhas compras, pensando que casais fazem pactos o tempo todo. Histórias de vida diferentes e a mesma necessidade de dividir pra somar. Dividir a cama, os sonhos, a lista de compras, as contas, o último pedaço de pizza. É justamente o dia a dia que afasta ou aproxima um casal. Se fossem só as tórridas noites de amor, era moleza. E a lavaroupas estragada? O lixo pra tirar?

Adivinha com quem peguei o elevador na saída do supermercado? O mesmo casal! Só que agora eu estava acompanhada. O homem olhou pro nosso carrinho lotado de sacolas, espiou o Ricardo e me perguntou se eu tinha comprado tudo aquilo sozinha. Tive que rir e contei que o maridão estava comigo o tempo todo (mas sumiu bem na hora de pegar a caixa de leite). Nos despedimos e caminhamos em direção oposta. Esqueci de agradecer a inspiração. Tomara que eles sejam leitores do DG!


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros