Quanto custam os ingredientes da caixa misteriosa de luxo do "MasterChef profissionais" - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Comida para poucos23/11/2016 | 17h15Atualizada em 23/11/2016 | 17h36

Quanto custam os ingredientes da caixa misteriosa de luxo do "MasterChef profissionais"

Foie gras, kobe beef, vieira, caviar, alcachofra e champanhe estavam nos pratos da noite de terça-feira

Quanto custam os ingredientes da caixa misteriosa de luxo do "MasterChef profissionais" Carlos Reinis / Band/Divulgação/Band/Divulgação
Foto: Carlos Reinis / Band/Divulgação / Band/Divulgação
Diário Gaúcho
Diário Gaúcho

Os ingredientes da caixa misteriosa de luxo do MasterChef profissionais de terça-feira chamaram atenção nas redes sociais. Muita gente sequer conhecia foie gras ou kobe beef, por exemplo.

Leia mais
"No 'MasterChef profissionais', torta de limão rima com eliminação"
"O que o 'MasterChef profissionais' e o Titanic têm em comum (ou: Dayse vem aí)" 


Mas a principal curiosidade dos internautas durante a prova se referia ao preço dos ingredientes. Tinha gente até projetando o que poderia comprar com o valor gasto com eles.

E você, sabe o que é e quanto custa cada um desses ingredientes? Confere aí.

Foto: Fernando Gomes / Agencia RBS

Foie Gras: é o fígado de um ganso ou pato que foi engordado de maneira forçada, até causar a hipertrofia do órgão. Considerada uma das principais iguarias da culinária francesa, pode ser encontrada em Porto Alegre na loja La Gourmandise, na Rua Carlos Trein Filho, 1.100, Bairro Bela Vista, pelo valor de R$ 624 o quilo.

Foto: Reprodução / Reprodução

Kobe beef: é o nome dado à carne proveniente do gado da família Tajima, da raça Wagyu, nascido na província de Hyogo, no Japão. No Brasil, porém, qualquer corte Wagyu é vendido como kobe beef. A principal característica dessa carne está na gordura entremeada nas fibras do animal, chamada de marmoreio. Quando assada, a gordura derrete e deixa um sabor amanteigado, o que torna a carne tão nobre. O preço do quilo de uma picanha do gado Wagyu, por exemplo, é R$ 199 na loja Pampa Beef, na Rua Tomaz Gonzaga, 610, Bairro Bela Vista, em Porto Alegre. Em São Paulo, contudo, chega a ser vendida por R$ 558 o quilo.

Foto: Beto Barreiros / divulgação

Vieira: é um molusco de cor branca bastante apreciado na alta gastronomia. Está entre os frutos do mar com preço mais elevado. Em Porto Alegre, pode ser encontrado com coral pelo preço de R$ 261 o quilo, na loja La Gourmandise, na Rua Carlos Trein Filho, 1.100, Bairro Bela Vista.

Foto: divulgação / divulgação

Caviar: é a ova de espécies selvagens do peixe esturjão e uma das iguarias mais caras que se pode comer. O processo trabalhoso de retirada das ovas da fêmea é um dos motivos que encarecem o produto. Pode ser comprado pelo site Uvinum, que entrega no Brasil e cobra em dólar. O quilo da marca Beluga, uma das mais caras, chega a ser vendida por 8.065,74 dólares — equivalente a R$ 27.396, segundo a cotação desta quarta-feira.

Foto: Free Images / Divulgação

Alcachofra: é uma planta exótica que também pode ser usada na culinária. Por ser rica em vitaminas do complexo B, vitamina A e minerais, como ferro, cálcio e fósforo, proporciona diversos benefícios à saúde. A embalagem de 280g pode ser encontrada por R$ 21,69 em Porto Alegre, na loja Especiarias Arco Verde, na Rua 24 de Outubro, 905, Bairro Moinhos de Vento.

Foto: Diego Fabris / Destemperados

Champanhe: é, na verdade, o espumante produzido na região de Champagne-Ardenne, na França. Os preços variam muito, porque há diversas opções. Porém, uma garrafa de champanhe no site Decanter, por exemplo, custa de R$ 288,41 a R$ 539,50.

*Produção: Luã Hernandez


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros