Saiba por onde começar a desvendar o mapa do prazer feminino - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo04/11/2016 | 16h32Atualizada em 04/11/2016 | 16h36

Saiba por onde começar a desvendar o mapa do prazer feminino

Cada mulher pode ou não ter pontos sensíveis em lugares diferentes no interior do canal vaginal. 

Saiba por onde começar a desvendar o mapa do prazer feminino /
Andrea Alves e Lúcia Pesca

falandodesexo@diariogaucho.com.br


Namoro não faz muito tempo e foi comigo que a minha namorada perdeu a virgindade. Toco e faço carinho em todo o corpo dela quando nós transamos. Mas é estranho porque parece que, quando toco dentro da vagina, tem algo saliente dentro que dá muito mais prazer para ela. 

Gostaríamos de tirar uma dúvida, pois nunca praticamos sexo oral. O clitóris é sensível? É perigoso machucá-lo, beijar muito e, por isso, provocar algumas irritações nele?

A principal função do clitóris é ser o único órgão projetado para o prazer. Sua cabeça ou glande apresenta, normalmente, 8 mil feixes de fibras nervosas, o que representa, aproximadamente, o dobro da quantidade encontrada no pênis.

Esse monte de terminações nervosas no clitóris deixa-o muito sensível ao toque direto ou à pressão. Algumas mulheres possuem pontos de prazer dentro da vagina, que, quando estimulados e friccionados, fazem-nas ter orgasmos múltiplos.

Explore

Mas cada uma pode ou não ter pontos sensíveis em lugares diferentes no interior do canal vaginal. Pode ser, por exemplo, logo na entrada, em outras, no fundo da vagina, ou na parede superior, em direção à uretra.

A melhor forma de saber qual é o ponto de cada uma é ela descobrir e mostrar para o seu parceiro ou para a sua parceira o mapa da mina deste labirinto. Assim mesmo funciona esta busca pelo prazer feminino.

Para fazer sexo oral e assim "beijar" o clitóris, tem que saber estimular com jeito, usando os lábios. Por outro lado, também é necessário aprender a usar a língua para acariciá-lo, quando estiver entre os seus lábios. Vá testando e descobrindo aos poucos.

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Se você tiver dúvidas e sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros