Usar pílula do dia seguinte com frequência faz mal?  - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo20/11/2016 | 20h00Atualizada em 20/11/2016 | 20h00

Usar pílula do dia seguinte com frequência faz mal? 

Fique atenta: o uso excessivo de hormônios pode prejudicar o organismo

Usar pílula do dia seguinte com frequência faz mal?  Arte/DG
Foto: Arte / DG

Tomei a pílula do dia seguinte duas vezes no mês. Tenho medo de ter problemas de saúde ou efeito colateral grande.

Quanto tempo demora para vir a menstruação depois de ter tomado a pílula do dia seguinte?

Tomei a pílula do dia seguinte, mas fiz sexo sem preservativo novamente 24 horas depois. Posso tomar outra ou aquela ainda está valendo?


A contracepção de emergência ou pílula do dia seguinte deve ser usada o mais rápido possível após uma relação sexual desprotegida. De preferência, dentro das primeiras 72 horas (três dias). Porém, até o limite de 120 horas (cinco dias), ainda pode ser eficaz.

Leia outras colunas do Falando de Sexo


É importante saber, entretanto, que, a cada dia que passa, a eficácia contraceptiva deste tratamento reduz. É uma medicação para ser usada ocasionalmente, em situações de emergência. De forma alguma, a pílula do dia seguinte deve ser usada com frequência, tipo duas vezes ao mês, pois é, basicamente uma bomba hormonal. 

Se você está usando repetidamente esta medicação é porque está fazendo tudo errado. O uso excessivo de hormônios feminino prejudica o organismo. 

Ciclo menstrual
Basicamente o que a pílula do dia seguinte faz é alterar o ciclo menstrual, antecipando o momento da menstruação. A maioria das mulheres menstrua cerca de uma semana após o uso da pílula. Poucos dias de atraso não devem provocar pânico.

Porém, se a menstruação não descer entre três e quatro semanas após o uso da pílula do dia seguinte, a paciente deve fazer um teste de gravidez. É muito comum que a menstruação não venha exatamente igual ao habitual, pois o ciclo foi interrompido pela metade. 

Se tiver dúvidas ou sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros