VÍDEO: Conheça a banda Preserve Reggae, que defende a natureza em suas letras - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Estrelas da Periferia01/11/2016 | 07h01Atualizada em 01/11/2016 | 07h01

VÍDEO: Conheça a banda Preserve Reggae, que defende a natureza em suas letras

Grupo, que tem integrantes de Gravataí e de Taquara,  aposta em letras que falam do tema, um dos mais debatidos no mundo atualmente. Banda aposta em um som próprio, e shows fora do circuito comercial.

VÍDEO: Conheça a banda Preserve Reggae, que defende a natureza em suas letras André Ávila/Agencia RBS
Regueiros trazem mensagens que reforçam a importância da preservação ambiental Foto: André Ávila / Agencia RBS

Em épocas de preocupação com o futuro do planeta, a banda Preserve Reggae, que tem integrantes de Gravataí e Taquara, dá o exemplo. Fundado em fevereiro de 2013, o grupo investe em letras que pregam a conscientização sobre o tema, e a preservação ambiental.

— Começamos fazendo releituras de Bob Marley e Mato Seco. Mas eu já escrevia letras que falavam do tema (preservação ambiental). Quando começamos a banda, passei a colocar as músicas nos ensaios e shows e deu certo — relembra o vocalista Fernando Spok. 

Por ser uma banda que tem em seu repertório músicas predominantemente próprias, a Preserve Reggae começou a fazer shows em lugares alternativos, como em eventos culturais, que dão espaço para esse tipo de som.

— Por esse motivo, não tocamos muito em lugares comerciais. Levamos nosso som para para lugares como o Acamps Roots, evento que acontece na Cascata do Chuvisqueiro, em Riozinho, no Vale do Paranhana. Lá, vai rolar luau, aulas de ioga. Essa é a nossa proposta, defender a bandeira roots e fazer algo diferente na música — afirma Cássia, vocalista do grupo e que também toca escaleta, um instrumento de sopro. 

Diversidade dá o tom

Além das letras, o grupo organiza mutirões para limpar rios na região e ainda percorre escolas de Gravataí e Taquara.

— Nosso maior objetivo é conscientizar as pessoas. Se não cuidarmos e respeitarmos o nosso planeta, o que vamos deixar para nossos filhos e netos? — questiona Cássia.

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Entre as composições do grupo, estão Vibe que Emanamos, Filho da Mãe Natureza e Problema. As composições são de Fernando, mas a diversidade musical do grupo vem ajudando no surgimento de novas faixas.

— Cada um tem una influência. O acordeonista curte música nativista. O percussionista, um som mais hard core. O Jorge curte rap. Acho que o único que tem origem no reggae mesmo é o Diego (risos) — comenta Fernando.

Ainda integram a Preserve Reggae Wilian (acordeão), Diego (bateria), Vanderson (percussão) e Jorge (baixo). 

Pitaco de quem entende

Claus, da dupla com Vanessa, fala do show da Preserve Reggae:

— É uma banda com pegada bem roots, curto muito isso. O acordeão é um diferencial, mas tem que ser muito dosado para não saturar. Falta uma lapidação, um ajuste de estrutura e de dinâmica para se tornar mais interessante.

Leia mais sobre famosos e entretenimento


Aqui, o espaço é todo seu!

— Para falar com a Preserve Reggae, ligue para 9150-0347.

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas em MP3 ou clipe e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros