Descubra o sinal inconfundível de que a mulher está pegando fogo na cama - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

 Falando de Sexo 25/01/2017 | 20h01Atualizada em 25/01/2017 | 20h01

Descubra o sinal inconfundível de que a mulher está pegando fogo na cama

Fique atento às reações do corpo da sua parceira, mas existe uma que não tem erro!

Descubra o sinal inconfundível de que a mulher está pegando fogo na cama /
Andrea Alves e Lúcia Pesca

falandodesexo@diariogaucho.com.br

Boa tarde, Andréa e Lucia, da coluna Falando de Sexo. Estou namorando uma moça e acredito que ela tenha a vagina muito "aberta". Já me relacionei com outras mulheres, mas elas não eram assim quando a gente tinha momentos de intimidade. Por que será que isto acontece?

 Caro amigo, saiba que a dilatação da vagina pode ser um indicador de que a sua namorada está feliz, satisfeita e estimulada pela relação sexual, o que é um ótimo sinal no que se refere ao seu desempenho na cama. Quando as mulheres estão excitadas, a vagina se dilata e fica mais lubrificada.

Como tem músculos, estes podem ficar muito soltos, se ela não é o tipo de pessoa que faz exercício físico regularmente. Mas o sexo não é a única maneira de esta musculatura ser exercitada.

E são poucas as mulheres que cuidam para ter uma vagina apertada, com bom controle muscular.

Exercite

Esta é uma região do corpo feminino que não muda permanentemente devido a atividades sexuais penetrantes. Quando elas estão excitadas, o canal fica lubrificado, relaxa, e o colo do útero é empurrado para cima, com o objetivo de criar mais espaço.

Mas o que você contou não indica que seu par teve uma vida sexual intensa. O formato da vagina é diferente em cada mulher e não muda em função da rotina entre lençóis.

Se é apertada, isto também pode sinalizar que não está totalmente excitada ou pronta para a penetração. Exercitá-la com movimentos de contrações vaginais pode ajudar a estimular e a treinar as paredes do órgão, além de melhorar o prazer durante a relação.

 Leia outras colunas do Falando de Sexo

Dúvidas e sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros