Existe algum risco de engravidar na menopausa? - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo30/01/2017 | 20h00Atualizada em 30/01/2017 | 20h00

Existe algum risco de engravidar na menopausa?

À medida que envelhecemos, a nossa resposta sexual tende a desacelerar. Mas há períodos intermediários na mulher que exigem atenção especial.   

Existe algum risco de engravidar na menopausa? /
Andrea Alves e Lúcia Pesca

falandodesexo@diariogaucho.com.br

Tenho 60 anos e, depois da menopausa, está bem complicado fazer sexo. É que eu fico muito seca, não consigo lubrificação, e isto acaba incomodando nós dois. O que fazer?

Tenho 52 anos, sou casada há 25 e faz um ano que estou na menopausa. Só que nunca usamos camisinha porque eu sempre tomei pílula. Mas o que eu preciso saber é: corro risco de engravidar se transar?

Naturalmente, não é possível engravidar na menopausa, pois os ovários já estarão inativos. Por isso, não vão liberar o óvulo para que seja fecundado pelo espermatozoide.

A menopausa é caracterizada pelo fim da fase de reprodução da mulher. Entretanto, é possível engravidar durante o climatério, que é o período de, aproximadamente, dois anos que antecede a menopausa, caracterizado por menstruações irregulares. Durante esta fase, a mulher, geralmente, deixa de tomar a pílula anticoncepcional, ou para de usar camisinha por achar que já está na menopausa e que não pode engravidar. Aí, se surpreende com a gravidez tardia.


Busque orientação

Por isso, para evitar a gestação , assim que começar a apresentar os sintomas, como ondas de calor e irregularidade menstrual, vá ao ginecologista para definir o estágio exato em que você está. A menopausa tem muitos sintomas desconfortáveis, mas é possível resolver com tratamentos seguros.

A secura vaginal é um dos sinais mais comuns. A mudança dos hormônios cria uma diminuição na lubrificação genital, que pode tornar o sexo desconfortável e doloroso para elas.

Lembre-se de que sexo é "use ou perca-o". Beba líquidos e coma alimentos ricos em gorduras saudáveis para ajudar a promover o bom colesterol, que é necessário para ajudar a criar o estrogênio e, assim, a lubrificação. Faça muitas preliminares.

À medida que envelhecemos, a nossa resposta sexual tende a desacelerar. Também é útil tentar posições que lhe dão estímulo direto no clitóris. Use lubrificantes à base de água.

Converse com seu ginecologista sobre os tratamentos. A satisfação sexual é muito importante para uma vida feliz e saudável.

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Dúvidas e sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros