"BBB 17": com 58% dos votos, gaúcha Emilly é a vencedora do reality e leva R$ 1,5 milhão - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Acabou13/04/2017 | 23h58Atualizada em 14/04/2017 | 15h26

"BBB 17": com 58% dos votos, gaúcha Emilly é a vencedora do reality e leva R$ 1,5 milhão

Participante de Eldorado do Sul venceu Vivian e Ieda

"BBB 17": com 58% dos votos, gaúcha Emilly é a vencedora do reality e leva R$ 1,5 milhão TV Globo/Divulgação
Foto: TV Globo / Divulgação
Zero Hora
Zero Hora

A 17ª edição do Big Brother Brasil foi toda dela, e a final não poderia ter sido diferente: a estudante gaúcha Emilly Araújo, 20 anos, levou R$ 1,5 milhão do reality graças a 58% dos votos do público. A advogada de Manaus Vivian ficou em segundo, com 41%, e a outra gaúcha finalista, Ieda, em terceiro, com apenas 1% da preferência dos telespectadores. Antes de encerrar a votação, Tiago Leifert comunicou que a disputa recebeu mais de 142 milhões de votos.

Leia mais:
Emilly comemora a conquista do BBB: "Muito melhor do que no meu sonho"
Lancheria do Zé se transforma em QG oficial da torcida de Emilly
Marcos agradece à Globo, aos participantes e ao público em rede social

Depois de passarem o dia sendo mimadas pela produção do reality show – as três finalistas ganharam almoço especial, produtos de beleza e participaram do Encontro Com Fátima Bernardes –, as gurias viveram grandes emoções no último programa da temporada.

Uma das surpresas foi a presença do gaúcho Marcos Härter. Expulso do programa na segunda-feira, o médico não era esperado na final. Os demais ex-brothers também estiveram no estúdio. Eles curtiram apresentações do time de técnicos de outro reality da emissora, o The Voice Brasil: Claudia Leitte, Carlinhos Brown, Michel Teló e Lulu Santos.

No primeiro bloco, a trajetória do jogo foi mostrada em fases, como em um videogame. Foi aí que as finalistas ficaram sabendo de detalhes do j0go, como o sétimo voto em Mayara no segundo paredão, que veio de Roberta.

Como já é tradicional em finais, cenas de cada uma das finalistas foram mostradas, fazendo as lágrimas das gurias rolarem soltas.

Trajetória

O caminho de Emilly até a grande final foi tortuoso, mas não se pode negar que ela foi protagonista do início ao fim. A estudante entrou no reality ao lado de Mayla e foi a escolhida do público para disputar o prêmio.

No jogo, a estudante sempre foi competitiva. Foi líder três vezes, ganhou uma prova do anjo e disputou o paredão quatro vezes. Isso, sem falar na berlinda falsa: os colegas de confinamento a escolheram para ser eliminada sem a votação do público. Mas não passava de uma brincadeira.

Cheia de autoconfiança, a estudante também colecionou desafetos. Brigou com Roberta, de quem era melhor amiga no começo, com Rômulo, com Ieda e, é claro, com Marcos.

O romance do médico e da estudante demorou a engrenar. Mas, quando eles decidiram ficar juntos, tiveram um relacionamento marcado por altos e baixos. Formaram uma grande parceria, mas também trocaram farpas e discutiram a relação muitas vezes. Em uma destas vezes, durante uma festa, o médico encurralou Emilly contra uma parede e apertou seu braço. Essa atitude levou à expulsão do gaúcho.

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros