Fausto Silva associa música de Bruno e Marrone a Lava-Jato e clima pesa no Domingão - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Torta de climão29/05/2017 | 15h37Atualizada em 29/05/2017 | 18h15

Fausto Silva associa música de Bruno e Marrone a Lava-Jato e clima pesa no Domingão

O apresentador insinuou que uma nova música de trabalho da dupla remete à situação dos delatores da Operação Lava-Jato

Fausto Silva associa música de Bruno e Marrone a Lava-Jato e clima pesa no Domingão Reprodução / TV Globo/TV Globo
A dupla participou do quadro Ding Dong no domingo (28) Foto: Reprodução / TV Globo / TV Globo

A torta de climão entrou no palco do Domingão do Faustão no dia 28. O apresentador da atração deixou Bruno, da dupla com Marrone, constrangido com um comentário sobre a Operação Lava-Jato. A cena aconteceu durante o quadro Ding Dong.

Na atração, artistas convidados tentam adivinhar que música está sendo executada somente com toques instrumentais.

Leia mais
Ex-bailarina do Domingão do Faustão exibe sua boa forma em ensaio
Grupo gaúcho vence quadro A Capella, do Domingão do Faustão
Faustão faz homenagem para Russo durante Domingão

O clima esquentou quando o apresentador brincou com o sentido do título do novo sucesso de Bruno & Marrone, Enquanto eu brindo, cê chora?.

— Isso é coisa da Lava-Jato, os caras brindando e o Brasil chorando — cravou o apresentador.

Visivelmente constrangido, Bruno disse que não ia comentar a situação.

— Eu vou deixar você falar isso aí, porque eu vou ficar quieto — respondeu o cantor.

A dupla sertaneja entrou no palco depois que o nadador Thiago Perreira e jogadora de vôlei Ana Paula, convidados para participar do quadro, adivinharam que a música do desafio era Dormi na Praça. Logo depois de cantarem o sucesso dos anos 1990, a dupla foi conversar com o apresentador.

O constrangimento do cantor se deu, segundo o portal Uol, devido à sua amizade com Joesley Batista — dono do frigorífico JBS, parte do grupo J&F, e delator na Operação Lava-Jato. Ainda segundo o portal, a dupla chegou a cantar no casamento de Joesley e a jornalista Ticiana Villas Boas

Faustão tentou desconversar perguntando quem era o autor da música, mas Bruno disse que não lembrava. Marrone entrou na conversa para amenizar o climão e explicou que "o disco tem vários autores". Faustão respondeu em tom bem-humorado:

— Quando tem muito compositor não precisa explicar — disse ele, para em seguida pedir que a dupla tocasse a faixa Enquanto Eu Brindo, Cê Chora.

Leia mais notícias de entretenimento


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros