Magali Moraes e o carinho de uma carta escrita à mão - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Coluna da Maga29/05/2017 | 10h00Atualizada em 30/05/2017 | 12h07

Magali Moraes e o carinho de uma carta escrita à mão

Magali Moraes e o carinho de uma carta escrita à mão Miguel Neves/Divulgação
Foto: Miguel Neves / Divulgação

Em pleno 2017, quem ainda recebe carta escrita à mão? Eu!! E que cartinha mais amada! Taí uma surpresa que transforma o dia da gente. Como se não bastasse, essa leitora se deu ao trabalho de recortar várias fotos minhas aqui da coluna pra decorar o papel de carta! E ainda colocou outros adesivos fofos. Depois deve ter achado pouca demonstração de carinho e decorou até o envelope! E nem falei das palavras lindas que ela enfileirou em cima das linhas. Elisabete, pode esperar que a minha cartinha tá chegando em breve na tua casa!

Essa coluna não é sobre cartas. É sobre dedicar o nosso precioso tempo a alguém. Se já é difícil achar uma horinha pra dar atenção a quem está do nosso lado, imagina fazer isso pra uma pessoa estranha. Fiquei imaginando a Elisabete colando as fotos no papel. E relembrando coisas que já escrevi pra comentar comigo. Frente e verso da carta foram preenchidos com um bate-papo gostoso, onde ela contou a sua vida e perguntou da minha. Só faltou o cafezinho.

Leia outras colunas da Maga

Papel de pão

Essa coluna é sobre valorizar pequenos gestos que nos fazem bem. Por mais que inventem novas tecnologias pra gente se comunicar, um bilhetinho deixado na mesa da cozinha desejando bom dia vale ouro! E quem vai ligar se ele foi escrito num guardanapo fino ou no papel do pão? A gente complica muito as relações. Qual foi a última vez que você surpreendeu alguém demonstrando o quanto se importa com essa pessoa? Pode ser hoje, hein! E por que não agora?

Já recebi outras cartinhas escritas à mão. Ganhei carinho em forma de bandeja artesanal feita com muito amor pela Rosa do Céu, lá das Minas Gerais. De comidinhas deliciosas que o Mario me trouxe do Peru. De histórias que os leitores contam e de fotos enviadas. Cada e-mail e mensagens que chegam são como fogos de artifício: estouram, iluminam e me encantam. Obrigada por me deixarem fazer parte da vida de vocês! O carinho entre nós só cresce.


 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros