Passou por cima da traição, mas, no fundo, não perdoou? Saiba como agir - Entretenimento

Vers?o mobile

 
 

Falando de Sexo15/05/2017 | 20h00Atualizada em 15/05/2017 | 20h00

Passou por cima da traição, mas, no fundo, não perdoou? Saiba como agir

Isto não se esquece nem se resolve tão facilmente. Porém, se decidiste dar mais uma chance, tenta fazer dar certo com todas as tuas forças.

Passou por cima da traição, mas, no fundo, não perdoou? Saiba como agir Arte ZH/
Foto: Arte ZH

Estou passando por um momento que jamais pensei viver. Sou casada há 12 anos e descobri que o meu marido me traiu.

Nossa, meu mundo desabou. Fiquei e ainda estou acabada, morri de decepção! Realmente, jamais pensei que ele poderia _ não aquele cara que dizia me amar, que dizia amar a família. Brigamos, conversamos, discutimos, sobre os motivos da traição, e ele disse que não sabe por que fez, mas que foi só uma transa sem a menor importância.

Falou que até este fato, sempre foi correto e que foi um grande erro. Depois de ponderar muito, decidi dar uma chance.

Só que, amigas, tem sido bem difícil! Às vezes, quando a gente está transando, me passa pela cabeça se ele fez com ela. Aí, eu tenho vontade de soltar o verbo e enchê-lo de desaforos.    


Leia outras colunas do Falando de Sexo

É, amiga, a traição é algo muito difícil de lidar, pois fere os pilares da relação. Pode ter sido uma transa sem qualquer importância para ele, mas, para ti, foi algo muito maior, pois botou por água abaixo tudo em que  acreditavas.

É como se ele tivesse rompido o pacto que vocês tinham, a história que construíram. E isto não se esquece nem se resolve tão facilmente. Porém, se decidiste dar mais uma chance, tenta fazer dar certo com todas as tuas forças. Quebrem a rotina, saiam, mudem as coisas que não estavam bem.

Quando estes fantasmas invadirem teus pensamentos, faça um esforço para enxotá-los e bote o pensamento em coisas positivas de vocês. Lembre-se de que ele não teve com ela a intimidade que possui contigo, pois esta é construída. Se continuar difícil, procurem um psicoterapeuta de casal. Ajudará muito vocês.

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br




 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros