VÍDEO: conheça a banda de Sapucaia que combate a homofobia em suas canções - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Estrelas da Periferia13/06/2017 | 07h00Atualizada em 13/06/2017 | 11h00

VÍDEO: conheça a banda de Sapucaia que combate a homofobia em suas canções

Roqueiros Vírgula, de Sapucaia do Sul, tem letras consistentes que defendem a igualdade de gênero e criticam a situação do país

Com pouco menos de dois anos, a banda Vírgula, que tem integrantes de Sapucaia do Sul - dos bairros Cohab e Centro - e de Porto Alegre, do Cristo Redentor, já mostra atitude e letras de quem está há muito tempo na estrada. Formado por músicos experientes, o grupo surgiu de maneira inusitada. Henrique Müller, 29 anos, vocalista, já havia integrado outras bandas e tinha cadastro em sites de classificados online específicos do meio musical, destinados à compra e venda de equipamentos e à procura de nomes para bandas.

Ali, encontrou Gabriel Filieiro, 24 anos, baterista, e os parceiros começaram a caminhada.

— Eu já estava meio que largando de mão, pelas dificuldades deste meio. Mas, aí, o "batera" "caiu" no meu colo. Não tinha como não montar o grupo — relembra Henrique.

A atual formação, em ação desde setembro de 2016, investe em letras com conteúdos fortes e atuais. Uma delas, País Das Maravilhas, faz críticas ao sistema - e aos políticos - do Brasil.

— Nós não somos uma banda romântica, mas não tem como fugir de sentimentos nas composições. Nesse caso, é revolta por exemplo. Até porque nosso som é mais pesado – explica o vocalista.

Planos

O grupo já gravou seu primeiro EP, batizado de À Espera. Uma das canções, Todo Teu, tem clipe no YouTube e fala sobre a igualdade entre gêneros, retratando o cotidiano de casais de diferentes orientações sexuais, para levantar a bandeira da luta contra a homofobia.

— A canção surgiu de uma forma natural, pois essa questão está em pauta na atualidade. Achei que seria bacana trazer isso à tona — afirma Henrique.

Conheça outras histórias de Estrelas da Periferia

Neste sábado, no Holliday Pub, em Sapucaia, os roqueiros fazem show de lançamento oficial do EP. Até o fim do ano, a Vírgula pretende lançar mais canções. Em 2018, a ideia é gravar um disco completo.

— Queremos gerar novas ideias, esta é uma característica importante dos trabalhos lançados pela banda — completa o vocalista.

Ainda integram a Vírgula Diego Soares (guitarrista), 32 anos, e Everton Garcia (baixista), 27.

Leia mais sobre famosos e entretenimento

Neste sábado, roqueiros fazem show de lançamento de primeiro EP Foto: Ronaldo Bernardi / Agencia RBS

Pitaco

Claus, da dupla com Vanessa, fala sobre o grupo:

— Som muito legal, bem-executado, com notas expressivas de guitarra e bateria, tudo sincronizado. Rock pegado, com qualidade! O músico completa com elogios ao vocalista:

— Vocal ¿na tensão¿ fechando com o contexto da proposta do som!

— Para participar da seção, mande um pequeno histórico da sua banda, dupla ou do seu trabalho solo, músicas e vídeos e um telefone de contato para jose.barros@diariogaucho.com.br.

— Para falar com a banda Vírgula, ligue para 99838-2390.


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros