Pílula pode atrapalhar a fertilidade no futuro? Tire essa e outras dúvidas sobre anticoncepcional - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo23/07/2017 | 20h00Atualizada em 23/07/2017 | 20h00

Pílula pode atrapalhar a fertilidade no futuro? Tire essa e outras dúvidas sobre anticoncepcional

Os remédios que evitam gravidez podem, sim, causar efeitos colaterais, mas estes devem desaparecer em alguns meses


Foto: Arte ZH

A pílula anticoncepcional tem muitos efeitos? Pode ser tomada antes da primeira relação sexual? E me trazer problemas com fertilidade no futuro?

A pílula anticoncepcional pode, sim, ter efeitos colaterais. Alguns dos sintomas que podem aparecer durante os primeiros meses de uso são: dor de cabeça, náusea, aumento dos seios, maior perda de sangue durante o ciclo menstrual etc. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo


Estes sintomas normalmente desaparecem com o tempo. Quando não cessarem, é indicado mudar a marca do medicamento. O importante é usar algum método contraceptivo – seja a pílula, o preservativo ou outro – toda vez que você tiver relações sexuais. 

Para definir qual o comprimido anticoncepcional mais adequado ao seu organismo, consulte um ginecologista. O ideal é você e seu namorado irem juntos ao médico. Um especialista irá falar com vocês e discutir detalhes importantes sobre o uso do preservativo e da pílula, incluindo seus efeitos colaterais. Obter o método certo ajudará vocês a desfrutarem do sexo com mais segurança e prazer.

Sem prejuízos
Com relação a problemas futuros, o uso prolongado da pílula não causa prejuízo à fertilidade. Durante o tempo que uma mulher usa um contraceptivo hormonal, não costuma ocorrer ovulação, sendo este um dos principais mecanismos para evitar a gestação. 

Ao cessar o uso da pílula, os ciclos voltam a ser ovulatórios em um período que é variável de mulher para mulher. Por outro lado, é importante salientar que, assim como a pílula não prejudica, ela também não preserva a fertilidade. Usando ou não os comprimidos, com o avançar da idade, a qualidade e a quantidade dos óvulos diminui.

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br



 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros