Remake de Os Trapalhões estreia hoje no canal Viva - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Pra matar a saudade17/07/2017 | 10h24Atualizada em 17/07/2017 | 10h45

Remake de Os Trapalhões estreia hoje no canal Viva

Os veteranos Didi e Dedé se unem a jovens talentos do humor para novas trapalhadas

Remake de Os Trapalhões estreia hoje no canal Viva João Cotta/TV Globo/Divulgação
A nova trupe Foto: João Cotta / TV Globo/Divulgação

Ei, psit, se liga na estreia de hoje no canal Viva! A nova versão de Os Trapalhões vai ao ar no canal a cabo a partir das 20h30min. 

Os mesmos episódios estreiam na TV Globo um pouco depois, em setembro. No remake do humorístico que marcou gerações, entram em cena os jovens Lucas Veloso (Didico), Bruno Gissoni (Dedeco), Mumuzinho (Mussa) e Gui Santana (Zaca). O quarteto será treinado pelos dois remanescentes da trupe original, Dedé (Dedé Santana) e Didi (Renato Aragão).

Nem eles seguram o riso Foto: TV Globo / Divulgação

— Toda a brincadeira que acontece nos bastidores celebra um encontro de gerações. São 40 anos de programa, e este é um momento especial. Esperamos que o público que assistia Os Trapalhões possa matar a saudade, e que o público novo descubra essa alegria — diz o diretor, Fred Mayrink.

Veteranos e novatos unidos no humor Foto: Rafael Campos / TV Globo/Divulgação

Veteranos comemoram

Os veteranos garantem que também aprenderam muito com os novatos. Renato Aragão, o eterno Didi Mocó Sonrisal Colesterol Novalgino Mufumbo, garante que a emoção e o aprendizado aconteceram de forma recíproca:

— Nessa vida, ninguém está só ensinando, a gente está sempre aprendendo. Durante as gravações, a gente brincou e se divertiu o tempo todo uns com os outros. Aqui, não existe mestre nem aprendiz, existe uma nova turma.

Dedé e Didi continuam se divertindo em cena Foto: TV Globo / Divulgação

Dedé Santana não esconde a emoção com este retorno: 

— A gente improvisava junto, e eu, novamente, me senti em casa. Eu era tão fã do Mussum e do Zacarias, que, às vezes, me perdia na cena e ficava olhando para eles. E, nessas gravações de agora, quando via o Mussa e o Zaca, aconteceu exatamente o mesmo.

Os Novos Trapalhões

Lucas Veloso, intérprete de Didico, carrega o humor nas veias. Filho do comediante Shaolin (que morreu em 2016), o jovem tem a responsabilidade de ser discípulo de Didi no novo programa. E não é que ficaram bem iguaizinhos, inclusive no figurino?

Didi Mocó e seu pupilo, Didico Foto: TV Globo / Divulgação

Dedé sempre foi o "galã" dos Trapalhões. Por isso, nada mais justo do que chamar um jovem representante dessa nova geração de bonitões da tevê.Bruno Gissoni encara o seu primeiro trabalho cômico na pele de Dedeco. Será o pupilo de Dedé.

Dedé, o galã de ontem, e o novo bonitão, Dedeco Foto: TV Globo / Divulgação

O desafio é ainda maior para Mumuzinho, o Mussa, que não terá os ensinamentos de Mussum nesta nova trajetória. Falecido em 1994, o comediante está bem vivo até hoje em memes na internet. E, se estivesse aqui, certamente, diria que Mumuzinho está "perfeitis" no personagem. 

O saudoso Mussum está bem representado por Mumuzinho Foto: TV Globo / Divulgação

E o que dizer do saudoso Zacarias, que nos deixou em 1990? A nova geração tem um representante à altura, com direito a uma ótima caracterização e a famosa risadinha que deixou saudade. 

A risadinha está de volta, em uma nova versão Foto: TV Globo / Divulgação

Saudosismo

Quem foi criança até o início dos anos 1990 lembra com carinho das palhaças de Os Trapalhões. A clássica musiquinha que anunciava o programa era também motivo de tristeza para a criançada _ afinal, confirmava o fim do domingo e a proximidade da segunda-feira, dia de começar mais uma semana de aula.Mas, quando Didi, Dedé, Mussum e Zacarias entravam em cena, era só alegria! O humor politicamente incorreto não era problema para a época, já que era revestido por uma camada de ingenuidade e bobeira que adultos e crianças amavam. Vai dar um aperto no coração de saudade da velha turma, mas vale a pena conferir como será esta nova versão. O humor mudou muito de lá pra cá, ou será que fomos nós que mudamos? Não importa. O que interessa é o momento "nostalgia" que estamos prestes a presenciar. (MICHELE VAZ PRADELLA)

O melhor quarteto da nossa infância Foto: Marcelo Regua / Agência O Globo


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros