É possível dar a volta por cima e retomar o desejo após o tratamento contra o câncer de mama - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo30/10/2017 | 20h00Atualizada em 30/10/2017 | 20h00

É possível dar a volta por cima e retomar o desejo após o tratamento contra o câncer de mama

É possível dar a volta por cima e retomar o desejo após o tratamento contra o câncer de mama Arte ZH/
Foto: Arte ZH

Olá, gurias! Estou passando por um momento ruim. Descobri, há seis meses, que estava com câncer de mama. Por sorte, a empresa em que trabalho oferece plano de saúde. Logo fui num mastologista e operei o seio. Não precisei tirar tudo. Fiz radioterapia e meu seio está muito feio. 

Isso me dá muito medo! Tenho o sentimento de que não sou sexualmente atraente, mas quero voltar a ter vontade de transar.

Amiga, em primeiro lugar, ficamos felizes que descobriste no inicio e conseguiste resolver logo! Então, já estás no processo da cura. Mas é assim mesmo, o câncer de mama expressa uma possível perda de contato contigo mesma, tocando tua estrutura emocional e física. Os seios são representações de feminilidade e de sexualidade na mulher. Com relação ao órgão estar escuro em função da radioterapia, daqui a pouco, já volta ao normal. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Amiga, em primeiro lugar, ficamos felizes que descobriste no inicio e conseguiste resolver logo! Então, já estás no processo da cura. Mas é assim mesmo, o câncer de mama expressa uma possível perda de contato contigo mesma, tocando tua estrutura emocional e física. Os seios são representações de feminilidade e de sexualidade na mulher. Com relação ao órgão estar escuro em função da radioterapia, daqui a pouco, já volta ao normal. e

Fique tranquila
A descoberta de um câncer vem acompanhada de muito medo, e a retomada da vida sexual se dá aos poucos. Recupera a intimidade sem sexo, sem pressão ou cobrança de desempenho. O contato físico libera ocitocina, o hormônio do amor. Portanto, abuse de abraços, beijos e carícias.

A pele tem milhões de terminações nervosas que são ativadas quando alguém é tocado. Os nervos de zonas erógenas, como o lóbulo da orelha, o pescoço e os genitais, ficam sensibilizados pela ocitocina, que estimula o desejo de ainda mais contato físico, além de diminuir os níveis de cortisol (hormônio do estresse). 

Portanto, abraçar e beijar ajudam no tratamento do câncer e na volta do desejo. Começa agora!

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diarigaucho.com.br

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros