Ansiedade e nervosismo podem dificultar a penetração - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Falando de Sexo05/11/2017 | 20h00Atualizada em 05/11/2017 | 20h00

Ansiedade e nervosismo podem dificultar a penetração

Uma boa conversa e muita calma podem ajudar nas primeiras vezes

Ansiedade e nervosismo podem dificultar a penetração /
Andrea Alves e Lúcia Pesca

falandodesexo@diariogaucho.com.br


Tenho 16 anos, e a minha namorada está com 15 anos. Já namoramos faz um ano e, agora, decidimos que vamos transar. Só que não consegui penetrar o meu pênis nela. Bah, tentei muito, mas não teve jeito.Nunca ouvi ninguém dos meus amigos dizerem algo assim. Sei lá, acho que não deve ser normal acontecer isso, ou é? 

A migo, em primeiro lugar, é normal, sim. Na realidade, os amigos não costumam contar as dificuldades que enfrentam porque pensam exatamente como você: acham que é algo incomum, só que não é! 

A ansiedade da primeira vez atrapalha mesmo. Mas a solução é continuar tentando, porque a experiência vai acabar fazendo com que vocês dois, juntos, consigam. 

Relaxe

Muitas vezes, após a colocação da camisinha, o pênis pode perder a ereção. E isso acontece com todo mundo que fica meio ansioso. 

O melhor a fazer é relaxar, voltar às carícias, e, quando a ereção ocorrer novamente, tentar uma nova penetração. Às vezes, por falta de experiência, o casal ainda não sabe as melhores posições para a penetração, e não há uma única posição possível.

Então, a ideia é ir tentando mesmo várias possibilidades. Outra dica costuma ser o uso de um gel à base de água — o produto pode ajudar muito nas primeiras penetrações e é vendido em farmácias, bem perto de onde ficam as camisinhas. 

Além disso, a tua namorada tem que estar relaxada. Se ela estiver muito tensa, a vagina não se abre nem se lubrifica, o que torna a penetração mais complicada. 

Aí, a conversa, o carinho e a calma são as melhores alternativas para reverter esse quadro.

Leia mais da coluna Falando de Sexo


Dúvidas e sugestões, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros