Relembre os gaúchos do The Voice Brasil, que muda de fase hoje - Entretenimento - No Diário Gaúcho você encontra notícias do RS, informações de utilidade pública, muito entretenimento, além de conteúdos esportivos e jornalismo policial.

Versão mobile

Na disputa02/11/2017 | 14h01Atualizada em 02/11/2017 | 14h07

Relembre os gaúchos do The Voice Brasil, que muda de fase hoje

Dos 48 talentos que garantiram vaga no reality show musical, apenas metade seguirá adiante

Relembre os gaúchos do The Voice Brasil, que muda de fase hoje Raphael Dias/TV Globo/Divulgação
Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló são os técnicos do programa Foto: Raphael Dias / TV Globo/Divulgação

Após seis semanas de audições às cegas, em que os candidatos foram avaliados exclusivamente pela voz, o The Voice Brasil (RBS TV, 22h35min) inicia nesta quinta-feira (2) uma nova etapa da competição. É o Tira-Teima, que promete ainda mais emoções, especialmente para os técnicos Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Lulu Santos e Michel Teló.

Leia mais
"The Voice Brasil": técnicos completam seus times em última noite de audições às cegas
Com data de estreia marcada, Angélica volta a gravar o "Video Game"
Repleta de referências aos anos 1980, nova temporada de "Stranger Things"  estreia nesta sexta

Nesta fase, a cada episódio, quatro vozes de cada time se apresentam. Caberá a cada técnico salvar apenas dois cantores do seu grupo. Ou seja, dos 48 talentos que garantiram vaga no reality show musical, apenas metade seguirá adiante.

Neste ano, quatro gaúchos garantiram vaga na segunda fase da disputa. Conheça o perfil de Antônio Peck, de Palmeira das Missões, Juliano Barreto, de Porto Alegre, Manoela Fortuna, de Pelotas, e Anna Júlia, de Erechim.

Anna Julia

Anna Julia, de Erechim, está no The Voice Brasil
Anna Julia tem 22 anosFoto: Raphael Dias / TV Globo/Divulgação

A caçula entre os gaúchos do programa é Anna Julia. Ela toca piano desde os seis anos, começou a compor aos 15 e, aos 17, decidiu cantar profissionalmente. Além da música, ela também se dedica ao seu canal no YouTube, Anna Bagunceira, no qual canta, produz esquetes e mostra sua rotina.

Anna só entrou no programa nos últimos segundos da canção escolhida para a audição.

— Não esperava. Foi muito emocionante! Na apresentação, tentei focar na plateia. Queria cantar para eles. Foi  o que me ajudou a não desafinar — conta.

Desde a gravação da primeira etapa, Anna já passou alguns dias no Rio de Janeiro para ensaios. Se passar na fase do Tira-Teima, ela já sabe o que gostaria de apresentar nas fases seguintes:

— Gosto muito de pop. Gostaria de mostrar um pouco do pop brasileiro, como Pabllo Vittar e Anitta. São os meus ídolos no momento.

Mais coisas sobre Anna

  • Tem 22 anos e é natural de Erechim, no norte do RS;
  • Na audição às cegas, escolheu o sucesso Shape of You, de Ed Sheeran;
  • Carlinhos Brown virou a cadeira nos últimos segundos da música.

Antônio Peck

Gaúcho Antônio Pack está no The Voice Brasil
Antônio tem 34 anosFoto: Raphael Dias / TV Globo/Divulgação

Primeiro gaúcho a garantir vaga nesta edição do The Voice Brasil, Antônio Peck, que mora no Rio, tem recebido inúmeras mensagens de apoio de seus conterrâneos e de pessoas de todo o Estado. Com sua banda, a Drive, aliás, esteve no RS no final de outubro para uma miniturnê, que passou por Sapucaia do Sul e Caxias.

— Minha relação sempre foi e ainda é muito forte com o Rio Grande do Sul, pois minha família toda mora aí. Então, pelo menos uma vez por ano, tiro uns dias para visitar todos os familiares e amigos — disse, em entrevista por e-mail.

A expectativa para a próxima fase está grande:

— Vai ser bem difícil. Metade dos participantes serão eliminados sem a chance de outro técnico salvar. Então, preciso fazer o melhor possível. Mas muita gente boa já vai deixar a competição nessa etapa.

Mais coisas sobre Antônio

  • Nascido em Palmeira das Missões, no Noroeste, vive no Rio de Janeiro há três anos. Tem 34 anos;
  • Nas audições às cegas, interpretou Quando a Chuva Passar, famosa na voz de Ivete Sangalo;
  • Lulu e Carlinhos viraram as cadeiras, e o cantor preferiu ficar no Time Brown.

Manoela Fortuna

Manoela Fortuna, de Pelotas, está no The Voice Brasil
Manoela tem 23 anosFoto: Raphael Dias / TV Globo/Divulgação

A carreira artística de Manoela Fortuna começou em Pelotas, sua cidade natal, no grupo Tholl, quando tinha 16 anos. Com ele, teve a oportunidade de exercitar seus lados cantora e atriz, e viajou por várias cidades do Interior e de outros Estados. Depois de quatro anos, decidiu mudar de rota e foi para Gramado, onde se apresentou em espetáculos como o Natal Luz. Três anos depois, veio a vontade de alçar voos mais altos.

— Poucas semanas depois de me mudar para o Rio, em abril, veio um convite para participar de uma audição para o The Voice. Tive que ir a São Paulo, pois a etapa do Rio já tinha passado. Achei que seria uma ótima oportunidade — conta a gaúcha, que tem recebido o carinho do público do Sul: 

— Ainda não voltei ao Estado desde que apareci no programa. Mesmo assim, recebo virtualmente um feedback maravilhoso. Existe uma torcida grande, fiquei muito surpresa.

Para as próximas fases, a cantora diz que gostaria de levar um ritmo específico para o palco:

— Busco muito as sonoridades da música negra. Tem muita coisa rica para ser resgatada em gêneros como o jazz. 

Mais coisas sobre Manuela

  • Nascida em Pelotas, Manoela já viveu em Gramado e está no Rio de Janeiro desde abril. Tem 23 anos;
  • Ela cantou Rehab, de Amy Winehouse, na audição
  • Michel Teló virou a cadeira para ela, no final da canção.

Juliano Barreto

Gaúcho Juliano Barreto está no The Voice Brasil
Juliano tem 32 anosFoto: Raphael Dias / TV Globo/Divulgação

Com 32 anos, Juliano tem experiência musical de sobra. Ele começou a cantar com apenas quatro anos, gravando jingles para comerciais. Já lançou um disco que venceu um prêmio Açorianos, o Canto Prometido, em 2010, e também fez parte do elenco de Lupi, o Musical - Uma Vida em Estado de Paixão, espetáculo que homenageou o centenário de Lupicínio Rodrigues, em 2014.

Mesmo assim, a insegurança no palco do reality show é inevitável:

— Aquele palco não é nada fácil! Aquelas cadeiras, a dúvida se vai entrar ou não, o nervosismo... Quando a primeira cadeira vira, é uma libertação, uma experiência inigualável!

Com as quatro cadeiras viradas, o cantor escolheu Brown para o acompanhar daqui para a frente. E não foi por acaso:

— Em 2004, estava produzindo um disco em um estúdio, em Salvador, do qual Carlinhos Brown é sócio. Ele acabou participando do trabalho, tem uma vibração cativante. Então, tinha uma promessa comigo: se ele virasse, seria a minha escolha.

Para o Tira-Teima, a expectativa é grande.

— Quero continuar o que eu fiz na primeira fase: cantar com calma e serenidade. Vou tentar ficar apegado à música e não ao jogo, que deixa a gente bem nervoso (risos) — finaliza.

Mais coisas sobre Juliano

  • Juliano é de Porto Alegre, já morou no Rio de Janeiro, mas voltou para o Estado.
  • Cantou Say You'll Be There, das Spice Girls.
  • Os quatro técnicos viraram as cadeiras, e ele escolheu Carlinhos Brown
 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros