Walcyr Carrasco nega abordagem de pedofilia em "O Outro Lado do Paraíso" - Entretenimento

Versão mobile

Noveleiros22/11/2017 | 11h50Atualizada em 22/11/2017 | 11h53

Walcyr Carrasco nega abordagem de pedofilia em "O Outro Lado do Paraíso"

Autor usou o Twitter para desmentir rumores sobre sua novela

Walcyr Carrasco nega abordagem de pedofilia em "O Outro Lado do Paraíso" Raquel Cunha / TV Globo/TV Globo
Foto: Raquel Cunha / TV Globo / TV Globo

Quem acompanha O Outro Lado do Paraíso desde o início deve ter percebido que há alguma coisa muito errada na relação entre Vinícius (Flávio Tolezani) e sua enteada, Laura (Luísa Bastos). Tudo levava a crer que a menina é abusada pelo delegado, por isso tem tanto horror à presença dele. Enquanto isso, a mãe, Lorena (Sandra Corveloni) tenta a todo o custo forçar a aproximação, incentivando a filha até a chamar Vinícius de "pai".

Mas quem apostava nesse tema polêmico, caiu do cavalo. Walcyr Carrasco usou seu Twitter para desmentir qualquer abordagem de pedofilia na trama.

"Pedofilia seria envolver uma menor num ato de sedução, sexo. Isso é inclusive proibido pelo Estatuto do Menor, pois a própria atriz poderia ficar traumatizada.Já questões sexuais entre adultos podem ser discutidas", escreveu o autor, deixando o mistério no ar.

Nas cenas mais recentes de Laura, a pequena demonstrou ter horror a tartarugas. Tudo indica que é um trauma antigo, mas não há nada sexual envolvendo a menina, pelo que garantiu Walcyr.

Ou, por outra interpretação, só será mostrado na segunda fase, já com uma atriz adulta em cena, os horrores que ela vivia quando criança. Assim, não envolve a atriz mirim e tudo fica esclarecido. 

Resta saber qual é o segredo que virá à tona na próxima fase. Passados 10 anos na novela, Bella Piero assume o papel de Laura.

Foto: Raquel Cunha / TV Globo


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros