Quando a pílula começa a fazer efeito? Tire esta e outras dúvidas sobre sexo seguro e gravidez - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo11/01/2018 | 20h00Atualizada em 11/01/2018 | 20h00

Quando a pílula começa a fazer efeito? Tire esta e outras dúvidas sobre sexo seguro e gravidez

Quando a pílula começa a fazer efeito? Tire esta e outras dúvidas sobre sexo seguro e gravidez Arte ZH/
Foto: Arte ZH

Vamos esclarecer mais dúvidas de nossas leitoras com relação a mitos e tabus sobre sexo seguro e gravidez. 

1) Posso ter sexo seguro assim que começar a pílula?
A maioria das mulheres precisa tomar a pílula durante um mês inteiro para que ela se torne 99% eficaz, como anunciado. Para evitar uma gravidez indesejada, você deve ter outro método contraceptivo durante este período.

Leia outras colunas do Falando de Sexo

2) Posso engravidar durante o período de amamentação?
A amamentação serve para dizer ao corpo que não precisa liberar mais óvulos. Mas nem sempre nosso organismo nos ouve. Mulheres que amamentam não estão protegidas de outra gravidez. 

3) Se eu fizer sexo e for virgem, corro o risco de engravidar?
Sim. Se seus ovários liberaram um óvulo (o que fazem todo mês) e se seu parceiro ejacular dentro de sua vagina, você pode engravidar. Não importa se fez sexo um milhão de vezes antes ou nenhuma.

4) Urinar ou tomar banho depois do sexo previne a gravidez?
O espermatozoide viaja bem rápido, e é provável que muitos deles já tenham chegado ao seu colo do útero antes de você pular no chuveiro. Quando os homens ejaculam, liberam centenas de milhares de espermatozoides. Não há nenhum modo de lavar todos eles. 

4) Certas posições podem prevenir a gravidez?
Não importa em qual posição você faça sexo, se seu parceiro ejacular no seu canal vaginal, existe risco. 

5) Não posso engravidar se estiver menstruada?
Apesar do risco de engravidar menstruada ser mais baixo, existe. A maioria das mulheres tem ciclos irregulares e pode liberar óvulos durante qualquer período do mês. E mais: o espermatozoide pode viver no seu útero por até cinco dias!

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros