Guri de Uruguaiana fala sobre o calor: "O lado bom é que a água já sai da torneira no ponto para o chimarrão" - Entretenimento

Versão mobile

Só se fala noutra coisa...03/02/2018 | 12h05Atualizada em 03/02/2018 | 12h05

Guri de Uruguaiana fala sobre o calor: "O lado bom é que a água já sai da torneira no ponto para o chimarrão"

 

Pitaco

Foto: Divulgação / Divulgação

Buenas! Nestes dias de verão, o calor está tão forte que resolvi até ligar para a minha sogra. Na ligação, a véia não parava de se queixar do calorão, e eu falei pra ela: 

— É bom tu ir te acostumando com as altas temperaturas. Pra onde tu "vai" depois, é pior ainda! 

Mas Uruguaiana é muito quente, mesmo. Outro dia, a cidade ficou na terceira posição entre os lugares mais quentes, perdendo apenas para o sol e o inferno. Dizem até que as vacas da região estão dando leite em pó e as galinhas estão colocando os ovos já cozidos. 

Lado bom

Também pudera: esses dias, coloquei milho para as galinhas e, quando elas foram comer, já tinha virado pipoca. Que barbaridade! 

Pois imagine o amigo que está tão quente que eu ando passando protetor solar até pra ficar dentro de casa. Ontem, liguei a TV às 6h e estava passando Tela Quente!  

O lado bom desse calorão é que a água já sai da torneira no ponto para o chimarrão. Facilita uma barbaridade! 

Agenda

Foto: Divulgação / Divulgação

Tchê! Neste final de semana, vou fazer um baita show gratuito, na beira da praia de Capão da Canoa. A apresentação será neste sábado, 3 de fevereiro, às 21:00, no largo Baronda. Aproveita!  

Ensinando o Cusco 

Foto: Fabrício Eckhard / Divulgação

Lancei, nesta semana, mais um vídeo da série Ensinando o Cusco. Neste episódio, dou dicas de como melhorar o comportamento dos cachorros destruidores, aqueles cuscos que roem os móveis, destroem as almofadas e estragam os sapatos. 

Se tu gosta de cachorro e não assistiu ainda, acessa lá, que está bagual: www.youtube.com/jairkobe.

Causos da Fronteira

O recenseador bate na porta do gaudério:

— Bom dia, gaúcho, eu sou do recenseamento demográfico. O senhor poderia me responder a algumas perguntas?

— Mas claro, tchê! Pode falar! 

— Muito bem, qual é o seu nome, por favor?

— Adão.

— O senhor é casado?

— Sim.

— E qual é o nome da tua esposa?

— Eva.

O recenseador dá aquele risinho de gozação e diz:

— Vai me dizer que o senhor tem uma cobra em casa?

— Espera aí que eu vou chamar a minha sogra...

Foto: Divulgação / Divulgação


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 

Veja também

Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros