Michele Vaz Pradella: "A volta do humor aos finais de tarde" - Entretenimento

Versão mobile

 

Noveleiros24/03/2018 | 10h00Atualizada em 24/03/2018 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "A volta do humor aos finais de tarde"

Depois do dramalhão "Tempo de Amar", a nova trama anima o horário

Michele Vaz Pradella: "A volta do humor aos finais de tarde" Estevam Avellar/TV Globo/Divulgação
Elisabeta e Darcy: antipatia à primeira vista Foto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

Assistir aos primeiros capítulos de Orgulho e Paixão foi uma mudança e tanto para os telespectadores do horário. Depois de derramar muitas lágrimas com o dramalhão de Tempo de Amar (que foi ótima e cumpriu seu papel, que fique bem claro), o público se deparou com a leveza e a comédia da nova trama.

O tom farsesco, quase escorregando para o pastelão, é o ingrediente que faltava nos finais de tarde. Orgulho e Paixão é inspirada em várias obras da escritora britânica Jane Austen, com uma pitada de comédia, o que forma uma mistura perfeita.

Química perfeita

Destaque, nos primeiros capítulos, para a dupla afinada Elisabeta (Nathalia Dill) e Ema (Agatha Moreira). Amigas inseparáveis, elas têm objetivos diferentes, mas, no fundo, estão loucas para viver um grande amor, cada uma com seu respectivo pretendente. A antipatia à primeira vista entre Elisabeta e Darcy (Thiago Lacerda) já mostrou que esse casal tem química, ainda que a implicância tenha vindo antes da paixão. Vale acompanhar também as desventuras amorosas das outras irmãs Benedito: Jane (Pamela Tomé), Cecília (Anaju Dorigon), Lídia (Bruna Griphao) e Mariana (Chandelly Braz).

orgulho e paixão,  Ema (Agatha Moreira)
Ema é a divertida EmaFoto: Raquel Cunha / TV Globo/Divulgação

Enfim, a nova novela é uma delícia de assistir, ideal para fugir dos problemas do dia a dia e entrar de cabeça em uma divertida história. Já amei!


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros