"BBB 18": o que cada finalista pretende fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão - Entretenimento

Versão mobile

 

Bolada19/04/2018 | 19h10

"BBB 18": o que cada finalista pretende fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão

Grande vencedor do reality show será conhecido na noite desta quinta-feira (19)

"BBB 18": o que cada finalista pretende fazer com o prêmio de R$ 1,5 milhão Gshow/Reprodução
Gleici Foto: Gshow / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

É nesta quinta-feira (19) que será escolhido pelo público o destino do prêmio de R$ 1,5 milhão do Big Brother Brasil. Na edição deste ano do reality show, a final será decidida entre o sírio Kaysar, a acriana Gleci e os cariocas da Família Lima – o pai Ayrton e a filha Ana Clara. Cada um dos participantes tem planos diferentes para a premiação, mas todos têm um foco específico: ajudar suas famílias. 

Leia mais
"BBB 18": o que deu certo e o que deu errado no reality
VÍDEO: quem merece vencer o BBB 18
Confira os pontos fortes e fracos dos finalistas do "BBB 18"
"BBB 18": veja quem é o favorito nas enquetes para vencer o programa

A seguir, sabia mais o que os finalistas do BBB 18 pretendem fazer com R$ 1,5 milhão.

Família Lima

Na madrugada da última quarta-feira (18), Ayrton comentou com os outros finalistas o que faria com o prêmio:

– Vou pagar minhas dívidas e fazer uma coisa com a Eva.

Sua filha completou:

– Casar.

Até hoje, o brother não se uniu oficialmente com a mãe de Ana Clara, que também chegou a participar do programa. 

– Eu não sou casado com ela, eu sou juntado, namorado dela. Sem cartório, sem nada. Meu estado civil é solteiro – explicou analista de sistemas. 

– O sonho do meu pai é casar com a minha mãe – finalizou Ana Clara.

Sua outra ideia para o prêmio é viajar com a família.

– Eu vou fazer uma viagem maneira com ela (Eva), com a Ana Clara e com o Jorginho. Se eu ganhar, né? Porque tem duas pessoas aqui casca dura, casca grossa – ressaltou o participante.

bbb 18, big brother brasil, final, reality show, na Clara e Ayrton
Ana Clara e AyrtonFoto: Paulo Belote / TV Globo/Divulgação

Enquanto sua filha é estudante de jornalismo, Ayrton trabalhava como analista de sistemas, mas deixou seu emprego para entrar na casa. Ao longo do confinamento, ele manifestou preocupação com Kaysar para se realocar no mercado após programa: 

– Na minha área, vai ser complicado voltar. Vou ficar ocioso, então vou precisar me ocupar. Vou dar um tempinho para, depois, começar a ver o que vou fazer. A gente vai passar um sufoco, mas vou sair dessa, não vou passar fome não. 

Realidade: o valor de um casamento varia conforme o tamanho da festa, tipo de cerimônia, número de convidados, entre outros fatores. Por exemplo, o casamento do youtuber Whindersson Nunes e a cantora Luísa Sonza, em fevereiro, custou mais de R$ 1 milhão, conforme revelou a noiva em entrevista entrevista em vídeo a Matheus Mazzafera. Segundo Andréa Pinto de Só, organizadora de eventos, a média de uma festa de casamento é de R$ 500 por convidado, dependendo do local e do estilo.

Gleici

Na mesma conversa com Ayrton, a sister do Acre relatou sua intenção de construir casas para seus familiares com o dinheiro do prêmio.

– Se eu ganhar é para minhas duas avós, meu avô e minha mãe. O prêmio é só para isso. Quero fazer casa para as minhas duas avós, meu avô e minha mãe. O resto depois eu consigo mais dinheiro, talvez – disse.

Estudante de psicologia, Gleici trabalhava como funcionária pública em Rio Branco (AC), mas foi exonerada do cargo para a sua participação no BBB. Com seu salário, ela ajudava a manter sua casa localizada na periferia da Capital do Acre, onde vive com sua família. Sua mãe, Vanuzia, está desempregada, enquanto seu irmão trabalha com refrigeração e tem sido o principal responsável por arcar com despesas básicas da casa. No entanto, a família não conseguiu pagar a conta da luz, que acabou sendo cortada. Parentes, amigos e vizinhos se mobilizaram para pagá-la. 

Realidade: com o prêmio, Gleici pode comprar cinco casas avaliadas em R$ 200 mil para seus familiares –duas avós, avô, mãe e, quem sabe, para ela mesma. E pagar a conta de luz.

Kaysar

Para o participante sírio, o prêmio de R$ 1,5 milhão será usado para tirar seus pais de Alepo, na Síria, como o brother já ressaltou em diversas oportunidades. Há sete anos, o país vive uma guerra que já deixou cerca de 500 mil mortos, além da imigração de pelo menos 5,5 milhões de sírios até 2017, conforme informações da Acnur (Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados). Em meio ao conflito na Síria, Kaysar perdeu um tio e sua namorada. Portanto, sua motivação em busca do prêmio é trazer sua mãe, Diane, e seu pai, George Dadour, para o Brasil. 

Realidade: mesmo que não seja campeão, Kaysar já teria condições de bancar duas passagens para os seus pais tendo em vista que ele já ganhou dois carros no programa e os finalistas recebem R$ 50 mil. Voos partindo da Turquia para o Brasil podem chegar a um valor aproximado de R$ 2,2 mil por pessoa. 

Entretanto, o aeroporto de Alepo está fechado. Para sair do país, os pais de Kaysar precisariam ir à Damasco – onde há voos para Irã, Iraque, Sudão e Emirados Árabes –, que fica a cerca de 350km. Também há o problema da obtenção do visto. Segundo informações do UOL, se os dois forem opostos aos ideiais do governo, a situação seria bastante complicada, embora familiares garantam que a dupla não tem envolvimento político. De qualquer maneira, muitos sírios optam por caminhos ilegais, com muito dinheiro envolvido, além da utilização de coiotes (atravessadores) para saírem do país. 

bbb 18 , big brother brasil , final , reality show , Kaysar
KaysarFoto: Paulo Belote / TV Globo/Divulgação


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros