Mc Carol é parada em blitz policial e denuncia abordagem violenta: "Fomos humilhados" - Entretenimento

Versão mobile

 

ABUSO24/04/2018 | 07h36Atualizada em 24/04/2018 | 08h21

Mc Carol é parada em blitz policial e denuncia abordagem violenta: "Fomos humilhados"

Funkeira postou em seu Instagram um desabafo

Mc Carol é parada em blitz policial e denuncia abordagem violenta: "Fomos humilhados" David Argentino/I Hate Flash/Divulgação
Mc Carol Foto: David Argentino/I Hate Flash / Divulgação
GaúchaZH
GaúchaZH

A cantora de funk Mc Carol desabafou em seu Instagram após ser parada em uma blitz policial. No relato, a funkeira alega ter tido o carro cercado por policiais e, ao descer do veículo, ter sido obrigada a deitar no chão ao lado dos amigos que a acompanhavam. Em sua rede social, Carol publicou um vídeo em que narra o acontecido junto de uma foto com todos seus documentos e de seus amigos, comprovando que estavam dentro da lei.

“Só o meu carro foi cercado, por mais ou menos 20 policiais da PM e exército, quase todos com a cara encapuzada e apontando os fuzis, a gritos, ofensas e palavrões. Fomos todos colocados deitados no chão, no meio do trânsito da Roberto Silveira (em Niterói - RJ). A todo momento eu ofereci o meu documento e o documento do meu carro. A todo momento eu disse que o carro não era roubado e que não éramos bandidos, mas eles se recusaram a ver os documentos”, escreveu a cantora. 

Leia mais
MC Carol denuncia agressão de ex-namorado nas redes sociais: "Tentou me matar de facão"
MC Carol lança música em homenagem a Marielle Franco

A funkeira conta que estava indo comprar um lanche com seus amigos quando foram abordados pelo policiais de forma muito violenta, sem estar fazendo nada de errado:

“Não tinha ninguém com droga, ninguém sem documento, ninguém alcoolizado. Fomos humilhados, tratados como bandidos perigosos. Um cara ainda saiu de um carro pra bater na gente, (...) ainda fomos xingados por outras pessoas. Depois eles olharam nossos documentos, revistaram o carro e liberaram a gente com palavrão. Um deles cantou a minha música.”

Além de descrever o medo de voltar para casa, MC Carol relembrou o episódio recente em que foi agredida pelo ex-namorado.

“Se não bastasse passar por uma tentativa de homicídio recentemente, ter que dormir e acordar com medo, por medo da justiça soltá-lo, por entenderem que foi só lesão corporal, agora eu também tenho que ter medo de comprar um lanche”.

Se nao bastasse passar por uma tentativa de homicídio, recentemente, ter q dormir e acordar com medo, por medo da justiça solta-lo, por entender que foi só lesao corporal, agora eu tbm tenho que ter medo de comprar um lanche, eu e meus amigos, fomos comprar hamburgues no centro de Niteroi, primeiro passamos por um viatura, que só nos olhou, mas a frente, tinha uns 6 carros na minha frente, só o meu carro foi cercado, por mais ou menos 20 policias da pm e exército, quase todos com a cara encapuzada e apontando os fuzis, a gritos, ofensas e palavrões, fomos todos colocados deitados no chão, no meio do transito da Roberto Silveira, a todo momento eu ofereci o meu documento e o documento do meu carro, a todo momento eu disse que o carro nao era roubado e que nao eramos bandidos, mais eles se recusaram a ver os documentos, nao tinha ninguém com droga, nao tinha ninguem sem documento, nao tinha ninguem alcolizado, fomos HUMILHADOS fomos tratados como bandidos perigosos. Um cara ainda saiu de um carro pra bater na gente, um monte de gente olhando a gente no chao, ainda fomos xingados por outras pessoas. Dps de nos humilhar bastante, eles olharam nossos documentos, revistaram o carro e liberaram a gente com palavrão e com bastante agressividade, mandando a gente tomar no cu, dps que liberam ainda teve um que cantou a minha musica, perseguiram a gente, por um tempo, por isso paramos o vídeo, paramos em Icaraí onde tem cameras, ficamos um tempo sentado, com medo de ir embora. Parabens pelo grande trabalho de vcs��������

Uma publicação compartilhada por MC Carol (@mccaroldeniteroioficial) em


 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros