Michele Vaz Pradella: "Uma obra-prima no Sertão" - Entretenimento

Versão mobile

 

Noveleiros28/04/2018 | 10h00Atualizada em 28/04/2018 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "Uma obra-prima no Sertão"

"Onde Nascem os Fortes", nova supersérie da Globo, tem estreia impactante

Michele Vaz Pradella: "Uma obra-prima no Sertão" Estevam Avellar/TV Globo/Divulgação
Foto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

As produções da Globo no horário das 23h têm surpreendido pela qualidade e histórias impactantes. Nos últimos anos, o público foi brindado por verdadeiras obras-primas como O Canto da Sereia, O Rebu, Justiça, Verdades Secretas, entre outras.

A nova atração do horário, Onde Nascem os Fortes, é mais um acerto da emissora. Gravada em pleno sertão da Paraíba, a supersérie é uma experiência intensa, que leva o telespectador para dentro da história como poucas histórias são capazes de fazer. É quase possível sentir a poeira da região árida nos nossos olhos, perturbando os sentidos.

Time de primeira

onde nascem os fortes, Pedro Gouveia ( Alexandre Nero )
Nero é o implacável Pedro GouveiaFoto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

Grande parte da qualidade da série, além da direção, bom texto e cenários impactantes, está na força de seu elenco. Alexandre Nero, Patrícia Pillar e Debora Bloch enchem a tela com talento e intensidade, mas é na interpretação de Alice Wegmann que a história ganha contornos ainda mais marcantes. Aos 22 anos, a jovem atriz faz de Maria uma personagem profunda, digna de rivalizar com os "monstros" que rondam o Sertão. Vale a pena dar uma chance e ficar preso a essa superprodução.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros