Palestra em Harvard e treta com colombiano: como foi a passagem de Anitta pelos EUA - Entretenimento

Versão mobile

 

Poderosa10/04/2018 | 07h31Atualizada em 10/04/2018 | 07h48

Palestra em Harvard e treta com colombiano: como foi a passagem de Anitta pelos EUA

Cantora esteve na tradicional universidade dos EUA para participar da Brazil Conference

Palestra em Harvard e treta com colombiano: como foi a passagem de Anitta pelos EUA Instagram/Reprodução
Anitta em Miami Foto: Instagram / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

Na última sexta-feira (6), a cantora Anitta esteve na Universidade Harvard, nos EUA, para participar da Brazil Conference. No evento organizado por Harvard e pelo MIT, participaram também nomes como o ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco, o presidenciável Ciro Gomes (PDT-CE) e o CEO Carlos Brito (Inbev). De acordo com relato da BBC, a palestra da carioca de 25 anos foi a mais aplaudida. 

Leia mais
Anitta estreia novo programa no Multishow
Anitta declara torcida para participante do "BBB 18" e divide opiniões
Anitta decepciona fãs com clipe de "Indecente", transmitido ao vivo de sua casa

Anitta esteve presente na conferência para defender a "música como instrumento de transformação" em sua fala com duração de quase uma hora. Em sua palestra, ela deu lições de empreendedorismo e gestão de carreira. A cantora começou repassando sua trajetória, relembrando sua infância pobre e seus primeiros bailes funk.

Ao narrar suas estratégias para ganhar dinheiro e conquistar o público internacional, Anitta teria captado de vez o público, de acordo com a BBC. Após demitir sua empresária para construir a carreira por conta própria, ela "foi para rua".

– Fui sozinha para a Espanha conversar com empresários e produtores. Comecei a pesquisar com o povo, na balada, perguntava quais sons eram aqueles, quem cantava, conversava com o DJ – contou.

Ela repetiria a estratégia em Los Angeles, onde conheceria vários artistas com quem cantou ou ainda fará parceria. 

Em sua fala, Anitta revelou seus passos planejados às paradas de sucesso estrangeiras em três idiomas.

– Vi que os três grandes mercados digitais são os de língua inglesa, língua espanhola e o português, porque o Brasil é muito grande. Eu pensei: se eu conseguir unir os números (de audiência) do Brasil e da América Latina, vou me equiparar aos do público em inglês – calculou.

Para isso, foi importante para a cantora realizar parcerias com os colombianos J. Balvin e Maluma, fenômenos latino-americanos:

– Quando as pessoas ouviam a voz deles, os reconheciam (famosos internacionalmente) e, automaticamente, também chegavam ao meu trabalho.

Anitta responde a jornalista colombiano

Já no sábado (7), Anitta resolveu confrontar um jornalista colombiano chamado Daniel Vivas. Ele insinuou que a cantora e J Balvin seriam mais que amigos de forma bem rude, e ela fez questão de respondê-lo.

"Essa bicha do J Balvin pega a Anitta ou o que?", tuitou Vivas. 

Então a cantora respondeu à publicação. "Eu garanto que J Balvin é mais homem que você, mas quem pega aqui é meu marido", disse.

Depois, o jornalista ainda respondeu dizendo: "Também te amo. Venha a Colômbia, porém sem marido".

Os seguidores da cantora criticaram Vivas e elogiaram Anitta pela resposta, incluindo alguns colombianos que disseram que o jornalista tem atitudes desrespeitosas com frequência.

Nesta segunda-feira (9), Anitta publicou fotos ao lado de seu marido, Thiago Magalhães, em Miami. Os dois perderam o voo de volta para o Brasil, porém a cantora aproveitou o dia no país para receber encomendas, como uma pochete da grife Louis Vuitton.

* Com informações de Estadão Conteúdo

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros