A hora certa de retomar a vida sexual após um problema no coração - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo15/05/2018 | 17h17Atualizada em 15/05/2018 | 17h17

A hora certa de retomar a vida sexual após um problema no coração

A hora certa de retomar a vida sexual após um problema no coração Arte ZH/
Foto: Arte ZH

Boa noite! Meu marido teve um ataque do coração e quero saber se ele pode fazer sexo.

Cara amiga, depois de um ataque cardíaco, as pessoas costumam se preocupar com a segurança antes de retomar as relações sexuais. Você não está sozinha nessa!

Pesquisadores descobriram que, enquanto a maioria retoma a vida sexual em um mês após ataque, muitos ficam com medo de que o sexo afete seus corações. 

Leia outras colunas do Falando de Sexo

Então, o que você pode fazer? Muitos estudos mostram que, para a maioria dos sobreviventes de ataque cardíaco, o sexo é uma atividade de baixo risco. Menos de 1% de todos os ataques acontecem durante uma transa. 

Cuidados
Uma das orientações médicas para saber quando uma pessoa está pronta para algumas atividades físicas leves, incluindo o sexo, é observar se o paciente consegue subir dois lances de escadas sem ter dor no peito ou dificuldade para respirar. 

Depressão, por exemplo, é comum após um ataque cardíaco. Isso pode afetar o funcionamento sexual do paciente. Disfunções sexuais também podem acontecer. Não só em função da depressão, mas pelos efeitos colaterais causados por alguns remédios. 

O sexo faz a pessoa se sentir relaxada e viva. Portanto, não despreze sua preocupação em retomar sua vida sexual com seu marido após o ataque do coração. Se você está preocupada, e ele também, procurem o médico dele e perguntem sobre isso. Vale a pena!

Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros