Claudia Jimenez desiste de participar do filme "Sai de Baixo": "Não superei" - Entretenimento

Versão mobile

 

Sem Edileuza10/05/2018 | 07h22Atualizada em 10/05/2018 | 07h22

Claudia Jimenez desiste de participar do filme "Sai de Baixo": "Não superei"

Assim como em 1996, quando saiu do programa, atriz demonstrou incômodo com a personagem Edileuza, alvo de piadas da família

Claudia Jimenez desiste de participar do filme "Sai de Baixo": "Não superei" Eduardo França/TV Globo/Divulgação
Claudia Jimenez foi a primeira empregada doméstica de "Sai de Baixo" Foto: Eduardo França / TV Globo/Divulgação
GaúchaZH
GaúchaZH

Edileuza abandonou a família mais uma vez. A empregada interpretada por Claudia Jimenez, 59 anos, havia sido convidada para participar do filme Sai de Baixo, adaptação para o cinema da série que foi ao ar na Globo entre 1996 e 2002. A atriz, porém, desistiu do papel após ler o roteiro.

— Achei que tinha virado a página, mas não, não superei — desabafou à coluna de Patrícia Kogut, veiculada nesta quarta-feira (9) no jornal O Globo.

Leia mais
"O Outro Lado do Paraíso": confira o que vai acontecer nos momentos finais da novela
O que se sabe até o momento sobre o novo filme live-action do He-Man
Cannes 2018: proibição das selfies, exibição de "filme maldito" e desacordo com a Netflix 

Integrante original do programa ao lado dos atores Miguel Falabella, Aracy Balabanian, Luis Gustavo e Marisa Orth, todos escalados para o filme dirigido por Cris D'Amato, Claudia abandonou a série depois de um ano de participação. Incomodada com o excesso de piadas que a família da trama fazia em relação a seu peso, havia se desentendido com o redator-chefe, a quem criticava pela qualidade do texto. Terminou afastada do programa. 

Anos depois, disse que era "ingênua" e encarava as coisas a "ferro e fogo". Repetiu a autocrítica ao anunciar que abandonaria a produção do filme, ainda sem data de lançamento. Entretanto, manifestou o desejo de assumiu um novo papel na televisão.

— Estou louca para voltar às novelas, à espera de um bom convite —pediu.

Quando saiu do programa, a personagem Edileuza foi substituída por Neide Aparecida, interpretada por Márcia Cabrita (1964-2017). Com a gravidez da atriz, o papel da empregada doméstica foi assumido por Claudia Rodrigues, que deu vida à Sirene.

Os atores Falabella, Marisa, Aracy e Luis Gustavo estarão de volta no longa, além do humorista Tom Cavalcante, que deixou o elenco em 1999. Outra participação será do diretor Daniel Filho, criador do programa ao lado de Luis Gustavo. Ele atuará como ator e produtor.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros