Michele Vaz Pradella: "Quem merece (ou não) presente de Dia das Mães nas novelas?" - Entretenimento

Versão mobile

 

Noveleiros12/05/2018 | 10h00Atualizada em 12/05/2018 | 10h00

Michele Vaz Pradella: "Quem merece (ou não) presente de Dia das Mães nas novelas?"

Na telinha, há mãezonas e megeras que humilham os filhos

Michele Vaz Pradella: "Quem merece (ou não) presente de Dia das Mães nas novelas?" João Miguel Júnior/TV Globo/Divulgação
Foto: João Miguel Júnior / TV Globo/Divulgação

O domingo é pra lá de especial para todas as mamães ou figuras que ocupam um lugar especial nas nossas vidas. Na ficção, há mãezonas que merecem todas as honras. Outras, que não honram nem um pouco a maternidade.

Em Orgulho e Paixão, o troféu "mãezona" vai para Ofélia (Vera Holtz), é claro. Apesar de seu jeito atrapalhado e meio torto de agir, no fundo, ela só quer a felicidade de suas cinco filhotas.

O Outro Lado do Paraíso terminou, mas por muito tempo o público se lembrará de uma das piores mães da ficção: Sophia (Marieta Severo). Além de ser uma assassina cruel, ela humilhava e maltratava os próprios filhos, principalmente Estela (Juliana Caldas). O título de "mãe megera", com certeza, vai para a vilã.

Mães-coragem

Cássia ( Patricia Pilar) , onde nascem os fortes
Foto: Estevam Avellar / TV Globo/Divulgação

Na trama de Onde Nascem os Fortes, duas mães se destacam pela força e coragem em lutar pelos seus filhos. A começar por Cássia (Patrícia Pillar), que não descansa enquanto não encontrar Nonato (Marco Pigossi). Já Rosinete (Debora Bloch) vive para a filha doente, Aurora (Lara Tremouroux).

Mamães da ficção e da vida real, parabéns pelo dia de vocês!


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros