Rômulo Neto diz que beleza atrapalha: "Existe preconceito com pessoas bonitas" - Entretenimento

Versão mobile

 

Lindofobia25/05/2018 | 07h25

Rômulo Neto diz que beleza atrapalha: "Existe preconceito com pessoas bonitas"

Além dele, Juliano Cazarré e o astro Kit Harington engordam o grupo de galãs que reclamam por serem objetificados

Rômulo Neto diz que beleza atrapalha: "Existe preconceito com pessoas bonitas" Fabio Seixo/Agência O Globo
Rômulo Arantes Neto acha que pessoas bonitas precisam provar o próprio talento Foto: Fabio Seixo / Agência O Globo
GaúchaZH
GaúchaZH

Preconceito contra a beleza. O ator Rômulo Arantes Neto é um dos galãs que acredita que pessoas esteticamente avantajadas podem sofrer com isso. Precisam provar com mais vigor, por exemplo, que além de um rostinho bonito também têm talento. O gaúcho Juliano Cazarré e o americano Kit Harington, estrela de Game of Thrones, sustentam a reclamação.

— Acho que existe sim um preconceito com relação a beleza, contra aquela pessoa que esteticamente é bonita, aquela beleza clara esteticamente. Acho que a pessoa que tem isso tem que provar duas vezes mais o talento por causa do preconceito alheio — disse Neto em entrevista ao youtuber Matheus Mazzafera na terça-feira (22).

Leia mais
"Passei a vida inteira ouvindo que era veado porque nasci em Pelotas", revela ator Juliano Cazarré
Astro de "Game of Thrones" diz que errou ao afirmar que homens sofriam sexismo como as mulheres

O ator, que já foi um dos modelos masculinos mais badalados das passarelas, aprofundou o argumento. Disse que, no meio artístico, os bonitos acabam escalados para interpretar papeis cuja principal característica é a beleza. A aparência, disse ele, acaba facilitando oportunidades, mas nunca garantindo que "a porta permaneça aberta". O ideal, seria que esses atores bonitos tivessem a chance de viver papeis mais desafiadores.

— Automaticamente, se fala: "Ah, ele é bonito", e vão exigir mais de você para demonstrar talento. "É só porque é bonitinho que tá ali" (imita). Então, acho que acaba exigindo de você duas vezes mais talento. A pessoa que é bonita geralmente é escalada para fazer papel de bonito, é difícil ela fugir do papel de galã. As oportunidades são menores. É muito importante a pessoa privilegiada esteticamente ter a oportunidade de fazer um papel fugindo dessa carcaça privilegiada esteticamente — defendeu.

O ator Juliano Cazarré fez um comentário na mesma linha quando concedeu uma entrevista em março ao jornal O Globo. Gaúcho nascido em Pelotas, disse que era chamado de "veado" e que não entendia a razão de pessoas bonitas sofrerem preconceito. Na visão deles, se espera que os "bonitões" não sejam inteligentes.

Juliano Cazarré disse que dos bonitos não se espera inteligênciaFoto: Reprodução / Instagram

— Ter preconceito com gente feia, não pode. Mas com gente bonita tudo bem, né? Quem é bonito tem que ser burro e ponto. Paguei isso anos. Quando entrei no Projac, era assim: "Ele tira a camisa e tem gominho na barriga? Então, é burro!" Isso é preconceito — afirmou o ator.

Já o astro Kit Harington, que interpreta o galã Jon Snow na série Game of Thrones, criou polêmica nos Estados Unidos ao afirmar que os homens sofriam com o sexismo na indústria cinematográfica assim como as mulheres. Ele disse que se sentia humilhado sempre que era convocado a tirar a roupa em um ensaio cinematográfico. 

Kit Harington afirmou que não gosta quando pedem para que tire a roupa nos ensaios cinematográficosFoto: Reprodução / Instagram

— De certa maneira, você poderia argumentar que fui contratado por uma aparência que tenho. Há um sexismo que acontece em relação aos homens. Há definitivamente um sexismo em nossa indústria que acontece com as mulheres, e há com os homens também — declarou o ator em entrevista ao jornal Sunday Times em 2016.

A comparação com as mulheres foi considerada inconveniente em um momento de explosão de denúncias de machismo e assédio contra atrizes em Hollywood. Mais tarde, Harington se retratou dizendo que não deveria ter usado a expressão "sexismo", mas apenas que os homens eram "objetificados".

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros