Twitter terá que pagar multa de R$ 220 mil a Caetano Veloso e Paula Lavigne - Entretenimento

Versão mobile

 

Ação judicial02/05/2018 | 07h15Atualizada em 02/05/2018 | 07h15

Twitter terá que pagar multa de R$ 220 mil a Caetano Veloso e Paula Lavigne

Casal foi alvo de uma onda de postagens difamatórias iniciada na rede social por Alexandre Frota e membros do Movimento Brasil Livre (MBL)

Twitter terá que pagar multa de R$ 220 mil a Caetano Veloso e Paula Lavigne FRANCOIS GUILLOT/AFP
Acusado de pedofilia nas redes sociais, Caetano Veloso conseguiu indenização na Justiça Foto: FRANCOIS GUILLOT / AFP

A 22ª Vara Cível de São Paulo determinou que o Twitter indenize Caetano Veloso e Paula Lavigne por postagens ofensivas que circularam na rede social. A multa, no valor de R$ 220 mil, foi estipulada pelo não cumprimento de uma liminar que determinava a remoção das postagens, de acordo com a coluna do jornalista Ancelmo Gois, publicada nesta segunda-feira (30) no jornal O Globo.

Em outubro de 2017, após o cancelamento da exposição Queermuseu em Porto Alegre, Caetano e Paula saíram em defesa da mostra e da liberdade de expressão. Participaram de uma campanha nas redes sociais unidos a outros artistas, como Nathalia Dill, Fernanda Montenegro, Marisa Monte e Mateus Solano. 

Leia mais
Chamado de pedófilo, Caetano Veloso processa MBL e Alexandre Frota
Justiça ordena que Alexandre Frota e membros do MBL deletem mensagens contra Caetano Veloso e Paula Lavigne
Paulo Germano: onde estão os liberais?

A partir disso, o Movimento Brasil Livre (MBL) e Alexandre Frota, ex-marido da atriz Claudia Raia, lançaram uma hashtag para chamar Caetano de pedófilo. Certa vez, Paula revelou que tinha apenas 13 anos quando perdeu a virgindade com seu futuro marido. Caetano tinha 40.

A hashtag #CaetanoPedófilo foi impulsionada por milhares de pessoas no Twitter, e tanto Frota quanto membros do MBL, como Kim Kataguiri, foram alvos de uma ação movida por Paula e Caetano determinando a exclusão das postagens. O Twitter, por sua vez, foi condenado a tirar as mensagens do ar, o que não ocorreu.



 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros