Vanusa é internada pela terceira vez em clínica de reabilitação - Entretenimento

Versão mobile

 

REHAB18/05/2018 | 07h30Atualizada em 18/05/2018 | 07h30

Vanusa é internada pela terceira vez em clínica de reabilitação

Cantora sofreu intervenção para tratar depressão e dependência química

Vanusa é internada pela terceira vez em clínica de reabilitação Francisco Cepeda/AgNews
Vanusa Foto: Francisco Cepeda / AgNews
GaúchaZH
GaúchaZH

A cantora Vanusa, de 70 anos, foi internada pela terceira vez para tratar depressão e dependência química. Na última quarta-feira (16), ela foi levada por sua família até a clínica de reabilitação Mairiporã, na Grande São Paulo. Em comunicado oficial, o filho da artista, Rafael Vanucci, informou ao público os motivos da intevenção:

Leia mais
Vanusa é internada para tratar dependência de calmantes, diz filho
Vanusa diz ao Fantástico que está recuperada e quer retomar a carreira

"Infelizmente foi mais uma vez preciso a gente fazer uma internação na minha mãe. Ela voltou para uma clínica de reabilitação para tratar sua depressão e sua dependência química. É a terceira internação dela, e agora ela está sob os cuidados da clínica Grandhouse, que é uma das clínicas de maior referência do Brasil, sob o cuidado da equipe do psicoterapeuta Sérgio Castillo, um grande profissional que cuida disso há mais de 25 anos com muito sucesso no Brasil", informou Vannucci.

"A gente resolveu interná-la porque ela não está conseguindo ter uma vida saudável, uma vida sadia, não está conseguindo se alimentar. Ela emagreceu mais de 30 quilos. A doença da minha mãe, a depressão dela, vem de 15 anos para cá e vem piorando. A minha mãe é uma pessoa muito forte, acho que todo mundo conhece. Foi muito guerreira, muito batalhadora, mas hoje ela precisa dessa ajuda. É o que eu digo para minha mãe todos os dias: enquanto ela decidir lutar pela vida dela, eu vou estar aqui lutando pela vida dela também", continuou o produtor musical.

"Eu e minha família achamos melhor interná-la novamente, pela terceira vez, em uma clínica sem prazo de saída, sem data para sair. Acho que vai ser um tratamento longo, ela vai passar por uma bateria de exames, ser avaliada e começar o tratamento novamente. Eu só peço a Deus que a ilumine e dê forças para ela continuar a guerreira que sempre foi e conseguir sair dessa o mais rápido possível", concluiu.

 
 
 
 
 
 

Mais sobre

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros