Após denúncia de ex, Biel é acusado de assédio e agressão por outras três jovens - Entretenimento

Versão mobile

 

POLÊMICA11/06/2018 | 07h58

Após denúncia de ex, Biel é acusado de assédio e agressão por outras três jovens

Casos teriam ocorrido durante a fase da maior sucesso do cantor, entre os anos 2015 e 2016

Após denúncia de ex, Biel é acusado de assédio e agressão por outras três jovens Instagram/Reprodução
Biel Foto: Instagram / Reprodução
GaúchaZH
GaúchaZH

Em abril deste ano, uma série de denúncias da ex-namorada de Biel, Duda Castro, veio a público. O cantor tentou se defender em sua conta do Instagram, publicando um vídeo da briga em que Duda atira em seu rosto um copo de vidro. Entretanto, a atitude da menina parece ter encorajado outras pessoas que teriam sofrido abusos nas mãos de Biel a quebrar o sigilo sobre o comportamento do artista. 

Recentemente, o site Extra teve acesso ao relato de três jovens que expõem o comportamento problemático do cantor. Elas optaram por manter sigilo em relação à própria identidade. Os casos aconteceram durante a fase da maior sucesso de Biel, entre os anos 2015  e 2016. As vítimas contam que não se pronunciaram na época por medo de retaliação, mas que, devido às recentes denúncias envolvendo o cantor, resolveram falar.

Leia mais
Biel é acusado de agredir a mulher, Duda Castro; cantor nega e posta vídeo da briga; assista
 Entrevista de Biel para Vogue italiana é retirada do ar após reclamações de fãs brasileiros
Em vídeo, ex de Biel fala sobre briga: "Estou fisicamente e mentalmente destruída"; assista

O primeiro caso é de uma fotógrafa em São Paulo, que foi chamada para trabalhar em um evento no qual Biel também participava.  Ele era uma das atrações do “Twerk Music festival” e teria expulsado a fotógrafa do palco, quando ela iria fotografá-lo ao lado do rapper Khalil. “Fiz fotos de pessoas que estavam ali pra curtir. O primeiro show rolou, a pessoa me recebeu no camarim e foi tudo de boa. O segundo show era do MC Biel e ele não me deixou chegar perto dele. Ficou trancado no camarim com algumas pessoas. No finalzinho da noite, um rapper americano, que era a atração desse evento, entrou no palco, e logo depois o Biel entrou. Pedi licença para o rapper para tirar uma foto e Biel me empurrou, pedindo que me tirasse de perto dele. As pessoas que estavam ali, assistindo, riram de mim, me senti muito humilhada”, conta J. 

O segundo episódio envolveria uma jovem de São José do Campos que teria sido convidada para ir em uma festa junina na casa do cantor, através de um amigo. O próprio funkeiro teria ido buscá-la na rodoviária para o evento que teve a presença de amigos do cantor e familiares: "Ele subiu num balcão, dançou cantou e eu fiquei no meu canto na hora das fotos. Ele desceu e quis saber por que eu não posei. Eu expliquei e ele não gostou. Mais tarde, já alterado, me empurrou para dentro de um banheiro e tentou transar comigo à força”, relata a estudante.

No último depoimento, uma modelo de São Paulo afirma que teria sofrido diversas agressões do cantor ao recusar fazer sexo com ele:   “Achei ele bonitinho e comentei com um amigo em comum. Sem eu saber ele deu meu telefone para o Biel. Ele me ligou e até participei de um clipe dele. De lá fomos a uma balada e o vi saindo do banheiro com uma menina, gritando aos quatro ventos que tinha transado com ela. Achei ele um babaca e fui falar sobre o assunto. Ele não gostou do que ouviu, pegou um copo e arremessou em mim. Desviei, só me molhei e o corpo se espatifou no chão”, recorda ela, que ainda teve mais um encontro com Biel: “Eu achava que ele estava alterado por causa da bebida. Ele bebeu demais. Mas como ele tinha sido tão legal até ali... Foi quando saímos de uma festa e fomos para o apartamento dele. Eu, uma amiga , um amigo dele e outra menina. Isso no Rio, na Barra da Tijuca. Estávamos no quarto. Ele quis transar. Eu disse não. O Gabriel pegou minha cabeça com força e colocou na frente das partes íntimas dele. Comecei a gritar e pedi para ir embora. Ele abriu a porta do quarto, me empurrou. Minha bolsa ficou lá dentro. Implorei para ele abrir. Ele abriu, eu peguei a bolsa e ele fechou a porta na minha mão”. 

Procurado pela GaúchaZH, Biel ainda não se manifestou sobre as acusações.

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 

Veja também

 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros