Guri de Uruguaiana fala sobre a Copa: "Seleção Nutella de hoje em dia já não bota medo em mais ninguém" - Entretenimento

Versão mobile

 

Só se fala noutra coisa...23/06/2018 | 12h00Atualizada em 23/06/2018 | 12h00

Guri de Uruguaiana fala sobre a Copa: "Seleção Nutella de hoje em dia já não bota medo em mais ninguém"

No clima... da Sibéria!

Pinhão e quentão para acompanhar os jogosFoto: Artebiz / Divulgação

Buenas! O Rio Grande todo está no clima da Rússia. Mais precisamente no clima da Sibéria! Está tão frio ultimamente que, para assistir aos jogos da Copa, os gaúchos trocaram a pipoca pelo pinhão e a cerveja pelo quentão. 

 Leia outras colunas do Guri de Uruguaiana  

Para os brasileiros, a Copa começou com um balde de água fria. Aquele empate contra a Suíça foi mais decepcionante do que aquecer a água do mate e, depois, descobrir que acabou a erva.

Brasil "Nutella"

Tá certo que o Brasil ganhou da Costa Rica no segundo jogo, mas eu continuo mais desconfiado do que cego que tem amante. A grande verdade é que esta "Seleção Nutella" de hoje em dia já não bota medo em mais ninguém. 

É muito diferente da "Seleção Raiz", de antigamente! Neste grupo, tem até o Gabriel Jesus. Na minha época tinha o Edilson Capetinha, que botava mais medo. 

O pior é a tal da dependência do Neymar… O Brasil sem o Neymar é tipo a banda Calypso sem Chimbinha. É ruim com ele,  mas é pior ainda sem ele!

Cabelo Polêmico

Se o Ronaldo pode, o Neymar também!Foto: Facebook / Reprodução

O assunto mais comentado de toda a Copa, até agora, foi o cabelo horrível do Neymar no jogo de estreia da Seleção. De fato, estava parecendo que fizeram um Miojo na cabeça do vivente! 

O que mais me impressiona é que ele pagou pra um vivente ir até a Rússia pra fazer aquela obra-prima. Nem se fosse de graça… Mas pensando bem, se o Ronaldo Fenômeno pode jogar uma Copa com o cabelo do Cascão, acho que o Neymar também deveria ter o direito de jogar com o cabelo da Cascuda! 

Com toda a zoação, o Neymar decidiu trocar de cabelo para o segundo jogo. Será que ele acha que, com três cabelos, ele pode pedir música no Fantástico? Que barbaridade! O que importa é que o segundo cabelo deu sorte contra a Costa Rica.

 Leia outras colunas do Guri de Uruguaiana  

Árbitro de vídeo

No duelo entre Brasil e Suíça, na semana passada, a decisão do juiz em não acionar o árbitro de vídeo no lance do gol do empate dos suíços causou uma baita polêmica e uma montoeira de memes nas redes sociais. Isso porque, na jogada do gol, quando o Brasil vencia por 1 a 0, Zuber deu um empurrão no zagueiro brasileiro antes de cabecear para o fundo das redes e deixar tudo igual no placar. 

Acho que, na hora do lance, o árbitro de vídeo estava assistindo vídeos no YouTube! Que barbaridade!

Foto:

 Leia outras colunas do Guri de Uruguaiana  


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros