Álcool e cigarro em excesso levam à disfunção erétil - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo15/07/2018 | 14h00Atualizada em 15/07/2018 | 14h00

Álcool e cigarro em excesso levam à disfunção erétil

Moderar o consumo pode ser a resposta para quem sofre com problemas de ereção

Álcool e cigarro em excesso levam à disfunção erétil Reprodução/Reprodução
Foto: Reprodução / Reprodução
Andrea Alves e Lucia Pesca

Há mais de um ano, estou tendo problemas de ereção. E a minha mulher reclama que isto está acontecendo porque eu bebo e fumo todos os dias. O que vocês acham?

Ela tem razão. Episódios de disfunção erétil fazem parte da rotina de homens com problemas de alcoolismo, principalmente quando consomem mais de 12 gramas de álcool por dia e fumam mais de 10 cigarros diariamente. 

Leia outras colunas

Cerca de 61% dos pacientes com alcoolismo relatam problemas como disfunção erétil e diminuição do desejo. Muitos homens com problemas de autoestima veem no álcool a solução para se sentirem mais à vontade na hora da transa.

Porém, sexo e álcool obedecem a um equilíbrio importante, e as consequências desta substância podem ser desastrosas na sua vida sexual! A bebida atua como um antidepressivo e, ao invés de estimular ou conseguir uma maior iniciativa da sua parte, pode alterar por completo o seu humor e a sua disposição na cama.

Sinais de alerta

Se você está tendo problemas de ereção e bebe com frequência, esta pode ser a resposta para a solução do seu problema. Modere o consumo de bebidas alcoólicas e a frequência com que as ingere. 

Se, por iniciativa própria, não conseguir reduzir este consumo, pode ser um vício que vai muito além do “beber socialmente”. A partir daí, procure uma ajuda especializada, se for mesmo o caso. Tenha uma vida mais saudável e um melhor desempenho sexual.

 Se você tem dúvidas ou sugestões de assunto, escreva para falandodesexo@diariogaucho.com.br

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros