Casal formado no BBB 2018, Gleici e Wagner vão desfilar pela Paraíso do Tuiuti - Entretenimento

Versão mobile

 

Fora do confinamento10/07/2018 | 07h36Atualizada em 10/07/2018 | 07h36

Casal formado no BBB 2018, Gleici e Wagner vão desfilar pela Paraíso do Tuiuti

Campeã da última edição do programa, acreana será destaque, junto com seu namorado, em carro alegórico da escola de samba no Carnaval do Rio em 2019

GaúchaZH
GaúchaZH


 Foto retirada de https://instagram.com/paraisodotuiutioficial/
Foto: Instagram / Reprodução

Gleici Damasceno e Wagner Santiago, casal formado no Big Brother Brasil 2018, farão sua estreia juntos no Carnaval do Rio. Pelo Instagram, a atual vice-campeã Paraíso do Tuiuti anunciou a presença dos dois no desfile da escola de samba em 2019. Segundo o post, Gleice e Wagner serão destaques de carro alegórico. 

"O casal Gleici Damasceno e Wagner Santiago já está com destino certo no Carnaval 2019: eles serão destaques de um carro alegórico no nosso desfile. Quem gostou da novidade? Nós já estamos ansiosos por esse encontro inédito na avenida", escreveu a escola. 

Leia mais
"Presença VIP é a sombra do BBB", diz Ana Clara, finalista do programa em 2018
Justin Bieber está noivo da modelo Hailey Baldwin
Noivo de Ariana Grande faz piada sobre atentado terrorista em Manchester

Em seu desfile pelo Grupo Especial neste ano, a Paraíso do Tuiuti ganhou destaque no Brasil inteiro com uma apresentação alicerçada em críticas políticas, principalmente contra o presidente Michel Temer, a quem fez referência ao apresentar um personagem caracterizado como um vampiro vestindo a faixa presidencial. O desfile polêmico garantiu à escola o segundo lugar.

Campeã do BBB  2018, Gleice também é conhecida pelo engajamento político. Assim que deixou o confinamento, logo após ser declarada vencedora da edição do programa, a sister gritou "Lula livre!".  Nesse domingo (8), Gleice recebeu críticas por se manifestar a favor da determinação de soltura do ex-presidente Lula, expedida pelo desembargador plantonista do TRF-4 Rogério Favreto. Pelo Twitter, ela rebateu as críticas:

"Quer dizer que eu não posso manifestar minha opinião política?! Ah, gente. Me poupe! As pessoas precisam aprender a debater política sem desrespeitar o outro. Uma coisa é você querer debater política comigo e outra é me desrespeitar! Você pode ter uma opinião diferente da minha e continuar me respeitando. E sobre eu ser de esquerda não era novidade pra ninguém, mas algumas pessoas usam disso pra expressar o seu ódio e preconceito", escreveu ela.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros