Como manter a chama do começo de namoro durante todo o relacionamento - Entretenimento

Versão mobile

 

Falando de Sexo03/07/2018 | 20h00Atualizada em 03/07/2018 | 20h00

Como manter a chama do começo de namoro durante todo o relacionamento

O verdadeiro "teste do amor" pode ser feito depois que o período da paixão acabar, quando é hora hora de aproveitar todos os momentos, e aproveitar para ajustar alguns pontos


Amigas, preciso da ajuda de vocês. Estou apaixonada, e é a melhor sensação que  tive na minha vida. Já estive apaixonada outras vezes, mas acho que, agora, é bem diferente. Estou mais encantada do que nunca! Mas não quero que esta coisa louca, forte que a gente sente, acabe. A nossa transa é perfeita. As pessoas dizem que estas coisas acontecem enquanto a gente está apaixonada, e que, depois, passa, deixando o relacionamento “morno”. Mas não quero que isto aconteça. O que fazer numa situação destas?                    

falando de sexo, novo card.
Foto: Reprodução / Reprodução

Amiga, quando estamos apaixonadas, olhamos para o mundo e para o nosso parceiro com óculos cor-de-rosa. Idealizamos a outra pessoa como gostaríamos que ela fosse: sem defeitos. O corpo vira um coquetel de novas substâncias químicas que vai se acalmando conforme o casal vai se conhecendo. É claro que, durante a sedução e no início de um relacionamento, as pessoas estão mais abertas e também se mostram diferentes pelo encantamento do momento. Isto muda no amor a longo prazo. 

Nos relacionamentos, o problema é que o amor pode não ficar o ideal para sempre. O namoro começa, mesmo, depois que vocês param de querer tirar a roupa um do outro a toda hora. 

Leia outras colunas de Falando de Sexo

Pequenos gestos

Alguns dizem que o verdadeiro "teste do amor" pode ser feito depois que o período da paixão acabar. Aí, é hora de aproveitar todos os momentos ao lado dele. É importante que promovam pequenos aperfeiçoamentos do que ainda não está 100% entre vocês. E lembre-se: é possível amar, ter sexo excitante e muita paixão, independentemente do tempo de relacionamento. 


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros