"The Voice Brasil": história de vida de Carlinhos Brown emociona técnicos - Entretenimento

Versão mobile

 

Homenagem25/07/2018 | 10h05

"The Voice Brasil": história de vida de Carlinhos Brown emociona técnicos

O cantor apresentou a casa onde morava, sua família, religião, amigos e como iniciou na carreira musical

"The Voice Brasil": história de vida de Carlinhos Brown emociona técnicos /
Carlinhos Brown
GaúchaZH
GaúchaZH

A terceira noite de Audições às Cegas do The Voice Brasil terminou com uma peculiaridade que até então não tinha ocorrido no reality. Ao invés da tradicional apresentação de um dos técnicos, foi contada a história da vida de Carlinhos Brown. Em um VT exibido no programa, o cantor apareceu mostrando a casa onde morava, sua família, religião, amigos e como iniciou na carreira musical . A retrospectiva da vida e obra do artista emocionou os jurados, que assistiam tudo do estúdio:

—  Você é um gigante idolatrado na Europa, indicado ao Oscar, vencedor de Grammy e dono de uma simplicidade que nos comove e nos inspira — lembrou o apresentador Tiago Leifert.

Leia mais
"The Voice Brasil": Claudia Leitte surpreende e aparece como candidata na estreia
"The Voice Brasil": gaúchos conquistam técnicos cantando sertanejo e samba na segunda noite de "Audição às Cegas"
Apresentadora de TV, brigas e sucesso: por onde andam os vencedores do "The Voice Brasil"

O reality começou com Tai Chiaro cantando I Kissed a Girl, de Katy Perry. A carioca conquistou três técnicos, mas escolheu Lulu Santos para seguir no The Voice. Depois, foi a vez de Andressa Hayalla chegar sambando no palco com Paciência, de Ferrugem. Carioca de nascença, mas atualmente morando em Brasília, a cantora conseguiu as quatro cadeiras viradas para si e emendou um trecho de Não Deixe o Samba Morrer, a pedido de Carlinhos Brown. Na escolha dos técnicos, entretanto, Andressa cantou um trecho de Meu Segredo, canção de Ivete Sangalo, indicando que ficaria com ela.

O haitiano Guibson Pierre trouxe uma história de luta para o programa, contando que deixou o país de origem por causa do terremoto e chegou ao Brasil em dezembro do ano passado. Guibson já era cantor no Haiti e encantou os jurados e o público performando uma versão reggae de Love Yourself, de Justin Bieber. O cantor escolheu seguir no programa com o time de Carlinhos Brown. Ramon Nascimento entrou com Lilás, de Djavan, e escolheu o time de Ivete Sangalo para seguir no reality: — Ele arrasa, Ramon é um grande candidato — disse a cantora.

Em seguida, Alexandre Dreicon subiu ao palco cantando Cuidado, de Gaab, e conquistou Lulu Santos. O cantor atualmente faz sucesso na internet com vídeos cover de outros músicos: —  Me interessei por isso que você propôs. Você fez com muita propriedade. Não é um vozeirão, mas eu quero sentir o que a pessoa canta — disse o Lulu. Gabriê cantou Não Existe Amor em SP, de Criolo, e teve a cadeira de Brown virada para si.

Lílian Menezes performou Comportamento Geral, de Gonzaguinha, e agradou Brown e Teló. A paulista já tinha cantado com Michel em um musical do qual o sertanejo participou e decidiu continuar no reality com ele. David Nascimento entrou cantando Sol, de Vitor Kley, e agradou Carlinhos Brown, com quem continuou no programa. Por fim, remanescente do The Voice Kids, Micaela Marinho entoou o sucesso da Fifth Harmony, That's My Girl. Novamente Brown e Teló disputaram uma voz, mas Micaela optou pelo segundo. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros